A rabanada é um prato típico português e o Brasil herdou essa doce maravilha da nossa antiga metrópole.

Essa sobremesa gostosa já tinha esse nome em Portugal, ao norte do rio Mondego. Ao sul deste rio era chamada de fatia dourada ou fatia-de-parida (ou ainda fatia de mulher parida). Essa curiosa variação deve-se a um fato (ou lenda) curioso: Uma mulher pobre, sem ter quase nada para comer, precisava alimentar seu filho recém nascido. Seus únicos alimentos eram restos de pão dormido molhados com leite adocicado. A mulher teve tanto leite que amamentou seu filho e ainda sobrou pra amamentar outras crianças também! Dessa forma, a rabanada acabou virando símbolo de prosperidade e fartura, sendo servida nas festas de fim de ano.

Em homenagem à origem lusitana, aqui vão duas receitas tradicionais portuguesas para rabanadas. A primeira foi tirada do site Delícias da Kini e a segunda veio do Jornal do Dia.

ImageShack

Receitinha I:

Ingredientes:
* 1 pão para Rabanadas
* Água
* Áçúcar.
* Pau de Canela
* Casca de limão
* Ovos
* Canela
* Óleo
Preparo:
Comece por levar um tacho ao fogo com a água ( o suficiente para molhar o pão todo),a casca de limão,o pau de canela e adoce a seu gosto.Deixe ferver.
Enquanto isso,corte o pão em fatias (grossura de ± 2 dedos). Depois do “chá” ferver desligue o fogo. Com ajuda de uma escumadeira (aquele com os buraquinhos), molhe bem as fatias de pão,mas não muito, se não partem ao meio.
Deixe esfriar um pouco.
Depois passe-as por ovo batido e frite-as em óleo.Retire-as para um prato com papel absorvente, só para escorrer um pouco da gordura. Passe-as logo de seguida por uma mistura de açúcar e canela e ponha-as numa taça. Quanto mais açúcar polvilhar,mais molhadinhas ficam,pois o calor delas vai fazer derreter o açúcar.
Sugestões :
* Pode substituir,metade da água por leite,pois ficam mais macias.Não aconselho a fazê-lo no Verão porque pode azedar,com o calor.
* Se gostar,faça uma calda para as acompanhar.Guarde uma tigela do “chá” onde molhou o pão,junte-lhe 1 colher de sobremesa da mistura de açúcar e canela e um pouco de vinho do Porto.Mexa e sirva com as rabanadas ou regue-as com a calda directamente.

Receitinha II:

Ingredientes:
* 12 fatias de pão de véspera;
* 500 ml de leite;
* 1 colher de sopa de manteiga;
* 350 g de açúcar; 2 paus de canela;
* 2 casquinhas de limão;
* 8 gemas e 1 clara de ovo;
* canela em pó;
* 1 cálice de vinho do Porto (opcional).
Preparo:
Leve o leite ao fogo com a manteiga, três colheres (sopa) de açúcar, um pau de canela, uma casca de limão e uma pitada de sal. Deixe ferver durante 5 minutos.
Passe as fatias de pão nesse leite e coloque-as em numa travessa ou sobre uma peneira para escorrer o excesso de leite.
Em uma caçarola, larga e baixa, leve o restante do açúcar ao fogo com 400 ml de água, um pau de canela e a outra casquinha de limão.
Deixe ferver durante 10 minutos.
Em uma tigela, bata muito bem as gemas com a clara. Passe as fatias de pão pelos ovos batidos, depois coloque, duas a duas, na calda de açúcar fervente, deixando que cozinhem, primeiro de um lado depois do outro.
Antes de colocar outras duas rabanadas, adicione um cálice de água fria à calda.
Repita a operação até terminarem as fatias.
Coloque as fatias na travessa de servir (meio funda), polvilhe as rabanadas com canela e, finalmente, regue-as com a calda à qual deve-se adicionar um cálice de vinho do Porto.
Sirva no dia seguinte.

Postado por Tags: , , , Categorias: Curiosidades, Variedades
538

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta