Shoot’em Up ou Mandando Bala… fazia tempo que eu não ria tanto! O filme é muito bom!! Ousado, criativo… vale a pena assistir, vale a pena ter em casa. O dia que sair um dvd duplo caprichado vai ser uma beleza… Pena que passou muito rápido no cinema, sem quase nenhuma divulgação. Depois reclamam da pirataria.

ImageShack

Bem, mas continuando com a avaliação, o filme faz James Bond parecer documentário bem verossímel, tamanha a quantidade de mentiras e “chutes”. Ação do início ao fim, até o letreiro da New Line já é baleado no começo. Entre as coisas inusitadas estão a “chave-viva” da casa do protagonista, as peripécias que ele faz sempre com o bebê no colo (que não chora com os tiros porque a mãe vivia do lado de uma boate de heavy-metal!!) e a mania que ele tem de comer cenouras. Aliás, ele é uma verdadeira versão psicótica do Pernalonga. Eu não vou contar as surpresas porque isso estragaria o prazer de ver o filme, pois eu duvido que você veja as cenas e diga “ah, isso eu já vi, eu imaginava que ia acontecer isso…”

O filme tem violência? Sim, muito. Não é filme de mulézinha sensível, elas que vejam filme da Meg Ryan. Mas é só pra homem que gosta de tiroteiro e ação sem inteligência? Não. O filme É inteligente em sua insanidade, e pode ser curtido por homens, mulheres, adolescentes, quarentões… Olha, eu queria mesmo é que o filme virasse uma franquia: quero mais aventuras com esse personagem misterioso e doidão, cheio de personalidade e bom de tiro!

Postado por Tags: , , , , , Categorias: TV & Cinema
564

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta