Separados no nascimento: Beiçola x Anton Chigurh

Assisti ontem o filme Onde os fracos não tem vez (No Country for Old Men), tradução meio tosca, por sinal. O filme é muito bom, mas quase não conseguia me concentrar, toda hora eu imaginava o assassino louco e psicótico vendendo pastéis, e passeando perto da Grande Família.

Vejam o porque, e digam se sou eu que estou ficando louco:

 beicola_anton
Beiçola (Marcos Oliveira) vs Anton Chigurh (Javier Bardem) ou vice-versa…

E ah, o filme é muito bom, não é à toa que ganhou o oscar de melhor filme, e o Beiçola de melhor ator coadjuvante.

Prêmios e indicações

Oscar 2008

  • Vencedor: Melhor Ator Coadjuvante (Javier Bardem)
  • Vencedor: Melhor Direção (Joel e Ethan Coen)
  • Vencedor: Melhor Filme
  • Vencedor: Melhor Roteiro Adaptado
  • Indicado: Melhor Edição (Roderick Jaynes)
  • Indicado: Melhor Fotografia (Roger Deakins)
  • Indicado: Melhor Edição de Som (Skip Lievsay)
  • Indicado: Melhor Mixagem de Som (Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff e Peter Kurland)

Globo de Ouro 2008 (EUA)

  • Vencedor: Melhor Ator Coadjuvante em um Filme (Javier Bardem)
  • Vencedor: Melhor Roteiro (Joel e Ethan Coen)
  • Indicado: por Melhor Direção (Joel e Ethan Coen)
  • Indicado: por Melhor Filme – Drama

19 comentários sobre “Separados no nascimento: Beiçola x Anton Chigurh”

  1. As pessoas deviam pesquisar um pouco melhor, esse filme foi baseado todo em um livro e de todas as adaptações feitas de livros a filmes até hoje, esse filme foi o único que conseguiu colocar de forma perfeita todo livro num filme sem mudar nada, se você gosta de um final Hollywoodiano e feliz, não recomendo o filme pois ele tem uma mensagem bem profunda. nota 10 o filme

  2. O filme é sem dúvida bom e mereceu sim o Oscar. Não é aquele “enlatado” americano de ação ou terror. é um jogo de gato-e-rato que prende a atenção até o fim. É um filme de carater mais artistico pois leva a reflexao da violencia cotidiana. Por isso pode nao ser nada do que esperava e torna o filme ainda melhor. Se você nao gostou, apenas lamento, sua falta de senso critico e cultura é horrorosa. Agradeço a compreensão .

  3. Onde Os Fracos Não Têm Vez mostra uma das questões mais profundas da vida humana disfarçada de perseguição a uma maleta de dinheiro. A cena que o Anton aponta a arma p’ro Carlson e espera ele atender o telefone é o grande resumo de todo o filme, tipo, Carlson não aceitou sua condição, tanto que poderia muito bem ter atendido o telefone (ia morrer de qualquer jeito mesmo). Afinal, todos vão morrer mesmo, tudo o que podemos fazer é aproveitarmos os presentes que se apresentam em nosso caminho. Foi o que Anton fez o filme inteiro.

  4. Poisé Naty, o filme não é ruim mesmo.

    Sangue Negro eu ainda não vi, mas Juno sim, e Juno é apenas legalzinho. Entre Juno e o Beiçola, o beiçola ganha disparado… 🙂

    E Sangue Negro tá na lista pra ver, quem sabe muda minha opinião?

    Obrigado pela visita..

  5. eh, william..eu fui meio dramatica no meu comentario.. hehe

    mas o que eu realmente quis dizer no final das contas eh que o filme nao eh bom o suficiente para ganhar um oscar.. o filme eh bonzinho (so bonzinho), mas nao eh ruim entao.. so acho que nao merecia ganhar um oscar com tantos outros filmes melhores concorrendo, como sangue negro por exemplo, com 8.6 no imbd, juno com 8.2…
    enfim.. eh uma questao de gosto mesmo..

  6. Naty, o cara é irmão gêmeo do Beiçola, só pode.

    Mas dizer que o filme é bom, é uma questão de gosto pessoal. E afinal, não é qualquer filme que tem uma nota 8.5/10 no imdb, com 84.149 votos…..

  7. o cara realmente eh parecido com beiçola. foi a primeira coisa que notei quando comecei a assistir ao filme! Ooo

    agora falar que aquele filme eh bom eh o fim da picada.. e sim.. nao eh de hj q todo mundo sabe que naquele oscar tem mais do que mutreta.. entao..

  8. É claro que dão oscar para filmes que não merecem! Isso acontece muito, estás sendo ingênuo.
    No cinema quando fui, tinha bastante gente, ouvi inumeros resmungos 🙂
    Os dois primeiros terços é bom, estavamos curtindo, mas a partir daí perdeu a linha, o fôlego, sei lá. Faltou criatividade.

  9. Feijó, nós sabemos que opinião é totalmente pessoal.
    Cada um gosta do que gosta. (nossa, que profundo)

    Se tu não gostou do filme, tudo bem. Eu e muita gente gostamos, acho que não iam dar um Oscar pra um filme “muito tosco”, como tu mesmo o descreve.

    Sendo assim, obrigado pelo comentário, e assista também Into the Wild. 🙂

  10. Não acredito que tu elogiou esse filme
    Ele é mais ou menos até a metade, o fim é muito tosco
    não merecia nem troféu latão, quanto mais urso ou oscar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *