quintana E pra começar bem esse dia, uns versos de Mário Quintana, um cara que tinha o dom.

“Quando guri, eu tinha de me calar, à mesa: só as pessoas grandes falavam. Agora, depois de adulto, tenho de ficar calado para as crianças falarem.”

“O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você.”

“[O Trágico Dilema]
Quando alguém pergunta a um autor o que este quis dizer, é porque um dos dois é burro.”

 

“AH! OS RELÓGIOS
Amigos, não consultem os relógios
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas
que até parecem mais uns necrológios…
Porque o tempo é uma invenção da morte:
não o conhece a vida – a verdadeira –
em que basta um momento de poesia
para nos dar a eternidade inteira.
Inteira, sim, porque essa vida eterna
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.
E os Anjos entreolham-se espantados
quando alguém – ao voltar a si da vida –
acaso lhes indaga que horas são…”
(Mario Quintana – A Cor do Invisível)

Fonte:
http://www.pensador.info/p/poemas_de_mario_quintana_-_cuide_do_seu_jardim/

Pensador – Mário Quintana

Postado por Tags: , , , Categorias: Arte & Cultura, Curiosidades
719

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta