Hamilton venceu a primeira prova do ano, em uma corrida que acabou se mostrando muito mais surpreendente do que eu havia antecipado.

Ontem comentei que a corrida da Austrália sempre é interessante e mostra algumas surpresas mas, nem em sonho eu imaginaria uma corrida tão tortuosa e surpreendente como foi o GP de abertura desta temporada.

Hamilton (c), Heidfeld (e), Rosberg (d) Foi tão fora do normal que não se pode tirar muitas conclusões ou fazer uma análise mais precisa sobre pilotos e equipes. O que se pode dizer ao certo é que a McLaren é a favorita, tanto pela consistência, desempenho, equilíbrio quanto pela qualidade dos pilotos. O Hamilton passeou na pista e o Kovalainen só não foi segundo colocado por que na hora do seu segundo pit stop, ocorreu o acidente com o Glock que fechou os boxes. Quando reabriram e ele pode fazer sua parada, já retornou no fim do pelotão.

Outros destaques, além da McLaren só a Williams colocou dois carros na pontuação. Rosberg fez uma grande corrida, Heidfeld na BMW também, e por grande corrida neste caso foi conseguirem se livrar dos acidentes e ter sorte nas entradas do Safety Car.

As Equipes

McLaren dominante e tranqüila, nem tem muito o que comentar, sobrou na pista e não teve muito trabalho, só não fez dobradinha por causa do acidente do Glock, como explicado acima.

Ferrari apagada e decepcionante, são 6 carros com motor Ferrari no grid, nenhum deles chegou ao final, sendo que pelo menos 3 tiveram problemas no propulsor, será que foi o calor recorde de 37 graus no verão australiano?

A BMW parece um pouco melhor no treino do que na corrida onde tem mais dificuldade em manter um rítmo constante, mas não fosse o Nakajima acertar o Kubica ainda sob Safety Car, o polonês deveria estar no pódio.

A Williams, parece que está de fato, no caminho certo, os dois carros chegaram ao final e o Rosberg andou bem, o Naka teve sorte de terminar.

A Renault mostrou que tem um carro mais ajustado para corrida embora precise do talento do Alonso para mostrar isto, Alonso por sinal que abusou da sorte, perdi a conta de quantas vezes ele levantou poeira.

Massa e DC Toyota, Red Bull e Toro Rosso se envolveram em vários acidentes e fica complicado avaliar algo mas, parece que a Toyota está em um bom caminho também, recuperando-se da última temporada desastrosa. Na Toro Rosso o Vettel ficou na primeira curva, parece que teve algum problema no acelerador na largada e foi “emprensado” logo adiante, já o Bourdais estava para marcar um ótimo quarto lugar na estréia quando o motor Ferrari o deixou na mão a 3 voltas do final, acabou em sétimo mesmo sem completar a prova. Da Red Bull só a comentar o acidente do Coulthard com o Massa, em minha opinião, erro de ambos.

Honda surpreendente, tanto na dirigibilidade quanto no rítmo de corrida, o carro do Barrichello não estava leve demais e conseguia se manter na zona de pontuação, no fim da corrida podia ter levado um pódio mas um pit stop desastrado, incluindo entrada com box fechado (não tinha gasolina para mais uma volta), arrancada arrastando a mangueira de gasolina e saída do box fechado resultaram em Stop & Go e depois na desclassificação. Mas muito bom desempenho.

Super Aguri e Force India, não tem o que ser comentado, quem não bateu na largada teve problema mecânico depois, não tem como avaliar nada destas duas.

Pilotos

Massa grossoSó 7 terminaram a corrida e dos que não comentei antes vale destacar o desastre duplo da Ferrari. Ontem disse que o Massa não tem sutileza com o acelerador e mostrou isso já na primeira curva, logo na primeira retomada de velocidade já pisou mais forte e sem o controle de tração rodou sozinho (foto ao lado), por sorte conseguiu voltar. Depois ainda acertou o Coulthard em uma tentativa desastrada de ultrapassar o escocês.

O Kimi até que começou bem, saltou de 16º para oitavo na largada, escapou das batidas e vinha bem até a 30ª volta quando começou a errar, rodou, passou reto e rodou outra vez, acabou com o motor pifado.

O Kovalainen vai dar trabalho para o Hamilton, mas é bom ter um companheiro rápido pra empurrar, o Kubica deve estar querendo pegar o Nakajima pelo pescoço pela barbeiragem do japa e o Glock certamente ainda está procurando o caminho de casa porque saiu do carro mais tonto do que bêbado às 6 da manhã. Pancada bonita e que por muito pouco não foi mais séria. Seqüência abaixo.

glock

Sobre as mudanças no regulamento

Definitivamente houve uma mudança radical no comportamento dos carros, a maioria dos acidentes foi ocasionada por erros na aceleração ou frenagem, sem os auxílios eletrônicos a coisa ficou muito mais interessante e os pilotos vão ter que se adaptar para chegarem ao final da corrida.

Classificação

finalAU

campeonatoAU Fontes: WarmUp, Formula1.com, F1Live

Postado por Tags: , , , , , , , , , , Categorias: Esporte
724

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

1 Comentário

  1. […] sem descansar da corrida maluca que foi na Austrália, vamos agora ao GP da Malásia. Será que a Ferrari reage, ou a McLaren mostra que é mesmo a […]

Deixe uma resposta