Hoje é aniversário do Quentin Tarantino. Normalmente este seria um baita post baba-ovo, com uma lista enorme de links e informações sobre ele e seus filmes como diretor e ator. Não que não goste dele, (ou dos seus filmes), só acho que puxasaquismo demais estraga. Mas eu tenho uma coisa a confessar sobre um filme em especial desse cara: Pulp Fiction. Como sou meio novo ainda, posso relatar com convicção que Pulp Fiction mudou a minha forma de enxergar os filmes em geral. Não vi na época do lançamento, devo ter visto a uns 3 ou 4 anos atrás, mas me marcou muito. Em especial nos diálogos, mas também naquela interatividade entre os personagens e nos pequenos detalhes do filme.

Leia essa pequena descrição sobre as histórias do roteiro:

A quebra da ordem cronológica, uma característica do diretor, permite que vários personagens compartilhem o papel de protagonista do filme. Na primeira história Vincent e Jules são os principais personagens. Vincent também é o personagem principal na segunda história, quando leva a mulher do seu chefe para passear e, por fim, se torna apenas um coadjuvante quando a história do pugilista Butch é contada.

Essa troca de lugares, levando todos a um lugar comum, é brilhante. Não tenho outras palavras.

Se você nunca viu o filme, vá no CineCombo e baixe:

Esquecendo um pouco o filme agora, e voltando ao aniversariante do dia, vou deixar um vídeo que é até antigo, e rolou muito na internet. Mas que, pela brilhante teoria que o personagem do Selton Mello relata, faz pensar muito mais na hora de assistir os filmes do diretor.

 

E aqui (para não perder o costume), um wallpaper com os personagens do filme, e escondido, o diretor.Pulp_Fiction,_by_Quentin_Tarantino,_1994,_Bruce_Willis,_Uma_Thurman,_Samuel_L._Jackson,_John_Travolta

Postado por Tags: , , , , , , , , , , Categorias: TV & Cinema, Vídeo
757

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta