A corrida de redenção e recuperação de Felipe Massa que também mostrou que a BMW já está entre as grandes.

Antes de mais nada, parabéns ao Massa e à Ferrari pela vitória e dobradinha e parabéns também à BMW por assumirem a liderança entre os construtores.

A corrida foi bem interessante desde a largada onde o Kubica patinou e acabou perdendo a primeira posição para o brasileiro da Ferrari e depois para o Kimi também. Hamilton demorou muito para sair do lugar e perdeu muitas posições, para piorar acabou se afobando e batendo logo à seguir, foi para os boxes trocar o bico e a corrida já estava perdida a esta altura.

Ainda na primeira volta houve o primeiro abandono da corrida, de Sebastian Vettel, com o motor Ferrari de sua Toro Rosso estourado. Jenson Button também teve problemas na largada e caiu para o fundo do pelotão, de onde não conseguiria se recuperar até bater com David Coulthard que mais uma vez se fez de cego.

A McLaren que sobrou competindo foi a de Kovalainen que em momento algum pareceu ter condições de chegar a disputar com Ferrari e BMW, acabou com uma boa quinta colocação que era o possível.

Como já havia comentado na corrida anterior, parece que a BMW gosta do mesmo tipo de pista que a Ferrari, chegou perto e apertando, a Ferrari não estava economizando motor no final e não estava conseguindo abrir muito das duas BMWs. Agora tenho segurança para dizer que são três as grandes equipes nesta temporada e na disputa pelo título.

Heidfeld foi outra vez o “corredor invisível” que não apareceu quase em momento algum da corrida mas chega em boa posição e vai acumulando muitos pontos com atuações discretas e corretas. Para completar os oito primeiros vemos a boa Toyota com Trulli que parece ter acertado mesmo, depois Webber que conseguiu colocar a Red Bull entre os primeiros novamente, mesmo não tendo demonstrado bom desempenho nos treinos e em oitavo chegou a Williams de Nico Rosberg completa a amostra destas 3 equipes que brigam bastante para serem a quarta força da categoria.

finalBA

Depois glock em nono com a outra Toyota, com certa tranqüilidade. Em décimo chegou Alonso com uma Renault completamente desequilibrada sofrendo grande pressão e Barrichello que era muito mais rápido no trecho misto mas não tinha velocidade para ultrapassar, a Honda tem um carro equilibrado e bom de curva, falta um pouco de motor ou melhor aerodinâmica para melhorar a velocidade final.

Em 12º chegou o surpreendente Fisichella com a Force India, e isto já está se tornando um hábito. Compare com o desempenho do companheiro dele, Adrian Sutil, que não tem conseguido largar o fundo da fila.

De resto, nada a ser notado exceto pela total derrocada da Super Aguri e um fim de semana para ser esquecido por Hamilton que chegou como líder e sai em terceiro no campeonato. Por sinal, a tabela de pontos está bem apertada com pontos bem distribuídos entre os seis primeiros. O mesmo vale para as equipes, com pontos bem distribuídos entre as três primeiras, mostrando um campeonato que pode ser bem disputado mesmo.

campeonatoBA

Barcelona

Um detalhe a ser notado é que as únicas equipes que treinaram na pista de Sakhir na pré-temporada foram Ferrari e Toyota. Não sei se isto explica o bom desempenho de ambas mas certamente é algo a ser notado.

A próxima corrida é o GP da Espanha em Barcelona, onde todas as equipes treinam muito o ano todo e será o início da fase européia da temporada. A maioria das equipes promete melhorias nos carros e algumas falam em carros completamente modificados. Vamos ver se a McLaren volta a dominar e se a BMW mantém o rítmo.

Nos vemos novamente dia 27 em terras espanholas.

Fontes: Formula1.com, WarmUp

Postado por Tags: , , , , , Categorias: Esporte
775

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta