Pode parecer papo de doidão, mas tem gente que percebe as cores como se fossem cheiros, sabores, sons e até sentimentos. E não é de forma figurada.

Imagine-se lendo este texto e cada letra dele assume uma cor diferente diante de seus olhos, ou então ao olhar um belo por-do-sol com seus tons de alaranjado e vermelho, sentir o sabor de um doce. Estas são só algumas das manifestações da Sinestesia, uma condição neurológica especial do cérebro que interpreta de forma diversa os sinais vindos de nossos órgãos sensoriais, notadamente a visão.

ouvindo_coresNão é considerada uma doença ou defeito mental, apenas uma forma diferente do cérebro interpretar os sinais. No passado era considerada apenas o fruto de mentes muito criativas e inventivas, ou então pura loucura mesmo. Atualmente são objeto de muito estudo para ajudar-nos a compreender o funcionamento de nossos sentidos e sua interpretação no cérebro.

No cérebro de um sinestésico as cores têm propriedades que não podemos imaginar, por exemplo o vermelho pode ser sólido, o amarelo é brilhante, uma barra de chocolate lembra a cor púrpura e tem aroma de azul escuro. Em alguns casos o tato pode ser associado, como uma pancada no canto da mesa que remete à cor marrom ou o laranja da confusão.

Isto não são conceitos culturais como dizer que vermelho é quente e branco é paz. São percepções fisiológicas com respostas químicas cerebrais, são realmente percebidas desta forma e de uma maneira particular a cada caso.

A causa

Embora já seja aceita como uma condição real e não apenas imaginação exagerada, a causa da sinestesia é desconhecida. Algumas hipóteses já foram levantadas e compõem parte do campo de estudos do assunto:

  1. Supõe-se que todos os sentidos são interpretados de forma separada e protegida em regiões distintas do cérebro. Na sinestesia haveria uma queda de uma ou mais destas barreiras, fazendo com que os sinais dos órgão sensoriais chegassem a mais de uma área interpretativa, gerando respostas fora do comum.
  2. Todos nasceríamos com esta condição, desta forma o cérebro infantil seria sinestésico por definição mas nos primeiros meses ou anos de vida passaria por um processo de especialização que levaria à conformação convencional que conhecemos, os sinestésicos adultos continuariam com as funções sensoriais mescladas em algum nível.
  3. Os sinais sensoriais chegam a várias áreas do cérebro mas algum tipo de “máscara” faz com que apenas alguns sejam filtrados e interpretados por determinados setores cerebrais. A sinestesia seria originada pela queda desta “máscara”.
    Esta última hipótese tem base nos sintomas de quem é usuário de alucinógenos como LSD e mescalina cujos sintomas são semelhantes ao da sinestesia só que muito mais fortes e descontrolados.

ingrid_sinestesia
Sinestesia vem do grego syn (união) e aisthesis (sensação).

Parece loucura

Sinestésicos podem se sentir ridicularizados. “A maioria das pessoas às quais explico os efeitos, me olham maravilhadas ou como se fosse louca.”, diz Carey uma das pacientes do estudo. “Especialmente amigos que possuem uma mente muito lógica. Eles ficam perplexos.”

Os efeitos podem ser dos mais variados, o tipo “projetor” vê as cores associadas a letras por exemplo no ar, diante de seus olhos. Já os “associativos” veriam estas cores apenas internamente, é o caso de Carey que diz que as cores piscam como flashes atrás do olho e em outros casos deslizam lentamente como a luz do sol sobre uma bolha de sabão.

Um terceiro grupo é chamado de “perceptual”, onde as percepções são associadas a estímulos como sons e objetos, como alguém que pode sentir o sabor de formas geométricas. Já o grupo “conceitual” é sensível a conceitos abstratos como o tempo, um caso em específico deste grupo é o de uma mulher que dizia perceber os meses do ano como uma fita que flutuava ao redor de seu corpo, cada um com uma cor. Diz ela: “O mês de fevereiro é verde claro e fica bem à minha frente.

E você

Se achou menos maluco agora? Em todo caso, não recomendo experimentar um ponto de LSD só para ver como é o “barato” desta condição de “sentidos ampliados”. Alguns artistas e filósofos famosos foram, supostamente sinestésicos, talvez por isso tivessem uma percepção diferente de cores, sons e idéias. A nossa colega Carol lembrou que Baudelaire era sinestético.

Mais detalhes na Wikipedia em português e muito mais detalhes na versão em inglês.

Fonte: LiveScience

Postado por Tags: , , , , , , , Categorias: Ciência & Tecnologia, Curiosidades
840

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

43 Comentários

  1. Priscila disse:

    Eu também vejo coisas diferentes, os dias da semana tem cores diferentes, os meses são um calendário que aparece na minha frente onde janeiro e fevereiro estão na primeira linha, depois março, abril e maio em outra linha, junho e julho, agosto e setembro, outubro está sozinho e por último tem novembro e dezembro. Cada mês tem um sexo diferente, por exemplo, janeiro é feminino e fevereiro é masculino. Com os números e letras também vejo sexos diferentes, 1 feminino, 2 masculino, 3 e 4 feminino, 5,6,8,9 masculino…e assim por diante.
    Tem uma coisa estranha também, se eu pensar no número 30, ele aparece em uma posição dentro de uma linha imaginária com retas e curvas. Cada número tem sua posição. Ex: Do número 1 até o 20 eu vejo como um relógio, mas no sentido contrário. A partir do número 20 segue uma reta até o 100, depois essa reta se torna perpendicular e vai até 1000. E conforme o número aumenta, essa forma vai subindo. É como uma fila indiana de números, que vai virando um grande espiral.É difíci explicar.

  2. I. Saldanha disse:

    Sou sinesteta. Eu vejo cores nos grafemas, alguns símbolos comuns, nomes, dias da semana, meses e etc.
    Por exemplo:

    [PRA MIM] [LEMBRE QUE AS EXPERIENCIAS SÃO INDIVIDUAIS E UNICAS]

    Domingo: preto (no “min” é cinza)
    Segunda: amarelo claro
    terça: verde lima
    quarta: azul
    quinta: vermelho pendendo pro laranja.
    sexta: azul escuro.
    sábado: vermelho.

    0,O >pretos
    A>vermelho
    E>azul
    I> branco
    U> verde jade

    nomes? Rafael >vermelho Silvia> roxo com lilas João> preto com o A vermelho, Juliano> verde claro Franciele> rosa Maria> amarelo claro e etc… Isso é mais comum do que parece. Serio, acredito que muita gente tenha… abç espero ter ajudado.

  3. Giuliano Fratin disse:

    Olá.. sou o autor da obra de sinestesias múltiplas Magnificências… Gostei muito do teu trabalho sobre sinestesia…

    Esse é um trexo que gosto muito deste meu livro:

    “Encontra-se, em um nostálgico horizonte,
    O perfume de uma voz violácea;
    A intuição da ígnea flor,
    Por um céu áqüeo-flavescente,
    Ainda encanta-se acariciada
    Pelo sabor cromático de uma fragrância musical”

    (Giuliano Fratin)

    Um super abraço poético e sinestésico!!

  4. victor disse:

    oi, eu tb sou sinestesico…o meu é de relacionar letras e números com cores, e cada letra e numero tem sua cor e sua tonalidade…mas eu nao vejo elas no ar, e sim na minha cabeça…os dias da semana, os meses do ano tb tem cada um sua cor, mas eu nunca tive a de sentir o gosto ou o cheiro das cores, ja a minha colega, sente o cheiro das pessoas, sensaçoes, momentos,fotos e outros…eu smp me perguntei se td mundo q tinha isso…e mts vezes me ajuda a decorar as coisas e a entende-las…mas quando fui falar pra minha mae(ela tem so um pouquinho do q eu tenho mas ela acha isso maluco e nao gosta de adimitir, descobri q ela tinha quano citei minhas cores das letras pra ela,e ela foi falando as dela…º~º) e alguns colegas, percebi q so eu e essa minha colega q tinha, e um amg meu q me falou q isso chama sinestesia, pq ele ja leu sobre isso, mas ele nao é senestesico…algumas pessoas me acham doido, mas eu gosto mt de ser sinestesico, é mt legal

  5. Rubinho disse:

    Olá,
    minhas sinestesias consiste em sentir o gosto das cores e dos cheiros. Também tem outra engraçada que todo som tem uma cor, mas não a vejo no ar e sim na minha cabeça. Agora tem uma que não consigo me adaptar muito que é o fato de sentir sensações físicas com a música. Em alguns casos é bom, mas em outros é horrível. Faz pouco tempo que descobri ser sinesteta. Até pouco tempo atrás achava que isso era normal em todo mundo. Quando eu comentava alguma coisa com alguém as vezes não me comprendiam e eu achava estranho não entenderem o que eu estava falando. Outras vezes encaravam como sentido figurado e então eu achava que tinham entendido mesmo o que eu queria dizer. Por isso nunca me perguntei se era normal. Descobri a pouco tempo sobre sinestesia porque conheci no meu serviço um rapaz que também é sinesteta.

  6. […] acharão nada por aqui, pobreas almas perdidas. Apesar de termos apenas um post meio antigo sobre sinestesia parece que o assunto é tão pouco divulgado que muitos acabam chegando por […]

  7. Alysson Possebon disse:

    Eu escuto música ou toco violão ou violino e vejo um monte de cores desde criança. É dificil explicar para alguem e este alguem entender. Mas com o tempo me acostumei. Recentemente descobri que tenho Glaucoma e com o uso do medicamento (Alphagan Z) as cores ficaram descontroladas. Estou recomeçando a aprender a isola-las das coisas novamente.
    Falando em reações loucos, realmente elas acontecem e é muito psicodélico, mas só explicando direito.A cores com as músicas em mim só manifestam quando muda-se o TOM, dai por diante se me darem a referencia como o Lá eu consigo desenhar todas harmonias e melodias atraves de cores. Isso me facilita muito quando tenho que tirar uma música por ouvido (sem partitura ou tablatura) pois lembro a sequencia de cores e logo consigo refazer os acordes corretos das cançoes…
    Bom, nunca conheci alguem que possui essas assossiações. Poderiamos nos encontrar e compartilhar….

    Abraços….

  8. Luis germano disse:

    Eu percebi agora que quando criança assemelhava os rostos dos meus tios e tias com carros da época. eu lembro que tinha uma que parecia um corcel, o outro que parecia um monza e é claro o mais o mais comédia parecia um fusca, que é o carro que eu acho mais engraçado, sem dizer o melhor ja produzido em todo o mundo.

  9. Fabio disse:

    Bem, quando eu vejo alguma coisa, sinto cheiro, mas n exatamente coisas, por exemplo, quando esta escuro sinto cheiro de cafe, quando esta “amarelo” do por do sol, sinto cheiro de algo como folhas, cheiro de mato.
    Naverdade, 3 a cada 10 pessoas, apresentam sintomas minimos de sinestesia.

    Não e incomun, incomun e apresentar sinestesia de paladar + visão + tato etc…

  10. Leonardo disse:

    eu sou sinestesico,quando sinto algum cheiro eu tenho uma resposta como enjôô, quando ando de carro e passo poerto d um caminhão q solta mta fumaça eu vomito, quando eu sinto o perfume d alguem eu sinto cheiros muito fortes quando tomo alguma coisa eu me sinto melhor ou fico mal.
    quando eu fico infeliz sinto gosto amargo na garganta, vejo bolhas d sabão, sinto feliz quando escuto alguma musica e se gosto muito dela e eu começo a canta-la eu choro sem nenhum motivo.

    • Isso me parece apenas reação fisiológica ou memória associativa e não sinestesia.

    • Italo disse:

      Leonardo… isso nao é sinestesia… vc tem um bom alfato e acaba se preojudicando… ouvir/cantar musicas e chorar é pq vc é um pouco “emotivo” (nao querendo t chamar d emo ou coisa parecida… isso é normal)

      eu so sinestesico e estudo sobre o assunto des de quando entendi oq é… muitos ak dizem ser ou acharem q sao sinestesicos mas nem todos sao…

      a sinestesia é muito complexa… dificil d entender.
      quando eu ouço um som vejo as cores referentes a ele… ou sinto um cheiro de uma cor… gosto etc…. mas o pior das “habilidades” sinestesicas que eu tenho é relacionado com o tato…

      mas em fim… sinestesia não é doença, e sim uma diferença genetica… todos quando nascemos samos sinestesicos… a parte do cerebro relacionado aos sentidos sao interligados de forma q a utilização de um sentido interfira ou trabalhe em conjunto com o outro… mas com o tempo vao se separando e assumindo funçoes singulares… no caso d auguns… eles nao se separam e se aprimoram e conjunto tornando-os em um super sentido…
      sinestesia é uma total ciencia dos sentidos… quem é sinestesico dev apreciar oq tem… utilizar e nao tentar fugir disso… tentar associar cada habilidade sinestesica em uma atividade comum…
      eu utilizo a sinestesia nas artes marciais q pratico des d pequeno… na musica… quando estou desenhando… me exercitando, cozinhando… etc.
      e outra… sou praticamente cego (só tenho 35% da visao direita e 50% da visão esquerda) graças a sinestesia tenho uma visao 1.000% melhor que qualquer pessoa!

      meu email caso alguem queira saber mais sobre a sinestesia é
      italotelemakus@hotmail.com

      abraço a todos!!!

  11. Italo disse:

    putz… tem gnt q ta zoando com a questão da sinestesia… mas c estudasem mais entenderiam…
    Eu sou sinestésico… percebo as cores de cheiros fortes, e sinto o gosto… alem d ver certas vibraçoes por causa d sons… Sinestesia não é loucura… e sim um desenvolvimento diferente d certos individuos…
    pelos estudos cientificos… estimace q com algumas pessouas herdando a sinestesia dos pais… pod ser q futuramente passe a ser uma condição normal nos humanos… (assim como ja é em alguns animais)
    c alguem quizer saber mais obre sinestesia meu msn é isantanak@hotmail.com
    vlw!

  12. Luis disse:

    não me acho sinestésico, prefiro achar que tenhos os sentidos um pouco mais aguçados, sons eu escuto normalmente acima do normal prefiro ficar em lugares com poucas pessoas pq eu escuto de tudo um pouco em lugares fechados preferencialmente a noite, as vezes meus ouvidos parecem como se estivesse com um cotonet enfiando neles, outra os olhos tbm vejo de tudo um pouco, exeto alguma cores muito claras que a primeira vista pra mim são brancas mais isso acho q todo mundo acontece, linhas horas orizontais horas verticais ou deitadas de cores azul vermelha ou mistas tbm enxergo durante o dia por isso tbm evito embientes claro uma vez que me dão muita dor de cabeça já fui ao medico ele disse pra mim usar oculos escuros, qto aos gosto e cehrio dai já até posso dizer que sou pq Pascoa sinto gosto de chocolate, natal um cheiro de pinheiro, algumas musicas tbm me dão vontade de comer algo assim como tem uma em espanhol do Makano se não me engano que me dá ancia de vomito e se ficar ouvindo vomito mesmo e olha que ela é boa. lembrei de mais uma coisa que alguem disse antes aqui que cada pessoa tem um som mesmo estando longe. sim concordo pq mesmo em um lugar cheio de pessoas converçando se eu olhar pra alguem do outro lado da sala eu concigo escutar o que as mesmas estão falando e não é leitura labia como costumo dizer pq não me chamarem de louco pq tbm escuto a voz de cada uma delas. mais o ingraçado é que… com tantas qualidade de sentidos como é que eu não concigo guardar os nomes. só me lembro dos rosto e da voz e do perfume. tipo nunca lhe vi, hoje passei por vc na rua pedi as horas vc me disse, continuei andando, amanha se encontramos em lugar diferente longe digamos eu me lembro do seu rosto e perfume que estava usando ontem. mesmo que eu tenha converçado por 1 segundo com vc e falado com varias pessoas após isto… pergunta I sou loco ou já passei desta faze !? esqui tbm linhas ou bolinhas azuis com contorno vermelho com um traço amarelo tbm vejo.

  13. Pergunta pros sinestésicos:

    A cor ou cheiro está associado à palavra ou a idéia que a palavra traz? Por exemplo, se “segunda-feira” é Azul, “monday” também é azul?

    • Fabio disse:

      A mais a paalavra, mas depende da pessoa

    • I. Saldanha disse:

      No caso dos dias da semana e meses, e associado pelo dia e não pela escrita. Segunda pra mim é amarelo claro, mas quando aprendi que monday é segunda, e penso em “monday”, eu vejo amarelo… Maaass… se eu penso na construção da palavra são cores diferente, como uma equação de cores (dificil explicar) por exemplo: Mon= preto Da= vermelho Y= amarelo e Se=azul Gun= verde claro Da= vermelho… + ou – isso… espero ter ajudado. kk abç DTA!

  14. maryna disse:

    gente assisti a reportagem do fantastico ontem e descobri q só algumas pessoas ssentem o q eu sinto, até ontem eu achava q todo mundo associava um nome a uma cor, por exemplo diana é azul, mãe é vermelho, domingo vermelho, segunda preto meio zunbo terça marron, quarta azul esculro e assim vai…. sinto tambem cheiro de pessoas, lembrei do filme PERFUME A HITORIA DE UM ASSASSINO, certamente ele era um sinestesico, sinto cheeiro da minha filha, ela pode ta usando o perfume q for, sinto o cheiro da minha mãe, sinto o cheiro de final de ano e datas comemorativas como pascoa, carnaval aff ainda bem q não é louura.

  15. Aline Lôbo disse:

    Assim como o Afonso, desde pequena tive essa associação de cores para o dia da semana. Achava que era coisa da minha cabeça, ai nunca comentei com ninguem. Na fase de adolecência à vida adulta, isso continuava, eu ja não me importava. Certa vez comentei com meu namorado (hj meu marido) que o dia da semana tem cores. Ele achou engraçado, e perguntava de vez enquando, pra ver se eu citava as mesmas cores para os mesmos dias, e sempre batia.
    Ao ver a reportagem no Fantástico ontem, fiquei tao feliz por saber que não era loucura minha, chamei meu marido pra assistir e ele achou o máximo!

    Ja meus dias da semana assumem as seguintes cores:

    Domingo: branco
    segunda: cinza
    terça: amarelo
    quarta: cinza
    quinta: amarelo
    sexta: vermelho
    sábado: cinza azulado

  16. Afonso Ribeiro disse:

    Após a matéria publicada na TV Globo sobre sinestesia pude compreender o que sinto quando relaciono uma palavra a uma cor. E também após os vários comentários aqui relacionados.
    Desde a minha infância sempre relacionei as palavras com as cores. Como exemplo cito os dias da semana:

    segunda feira = azul claro;
    terça feira = verde;
    quarta feira = amarelo;
    quinta feira = vermelha;
    sexta feira = azul marinho;
    sábado = verde e
    domingo = vermelho.

  17. gil disse:

    gente acho isso fantastico, queria ser sinestésica também, mas o máximo que já percebi é o cheiro de ano novo, que eu me lembre, na [época de final de ano, tem cheiro de call, pq todas as casas são pintadas para a festa kkkkkkkkkkk, mas sei q isso n é sinestesia, meus neurônios sinestésicos estão adormecidos, pois todos nós temos, porém em poucos eles possuem atividade .. bjus

  18. Hellen disse:

    Não sei se tem muito a ver, mas tudo o que eu escuto se transforma em sensações ( não tem nada a ver com o emocional ) Se alguém me conta sobre um acidente, eu sinto as dores da vítima, ou se eu leio um livro eu sinto o que os personagens sentiriam em um contato físico! :)

    Acho não é sinestesia, mas eu acho legal..

  19. sinestesia? disse:

    Existe sinestesia auditiva? Palativa? Tem lebranças que me fazem sentir sabor ou até mesmo palavra… Esculto sons que outros não escutam, como uma baratinha andando… Tem um médico para isso?

    • Certamente que existe, no texto tem exemplos disto e até de associações muito mais complexas e abstratas. Não sei se seria o caso de médico, a não ser que esteja causando problemas, é apenas uma condição diferente e não uma doença.

  20. bláh, bláh, bláh disse:

    eu tbm tenho isso, quando estou com fome.
    sinto o cheiro de alguma comida, costumo associar o cheiro à
    visão…:P
    ex: quando estou com fome, sinto o cheiro de um frango assado,
    eu fico vendo ele na minha frente com bastante molho
    e uma coca bem gelada, ahh e ainda tem a sensação do paladar que
    eu sinto até o gosto dos elementos associados…vejam só eu sou um
    sinestésico phodastico né mesmo?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    isso tbm é uma forma de sinestesia. todos somos sinestésicos.
    ¬¬’

  21. Flavio oliveira de souza disse:

    Caro amigos. Muitas coisas que eram inesplicaveis , já esta vindo a luz.A muito tempo eu tinha uma teoria,a luz é o som em alta frequência, todos me chamava de maluco, pois me baseava na passagem bíblica de Gênesis “Haja Luz”.Sem experimento ciêntifico jamais poderia provar. Recentemente o laboratório de Los Alamos no EUA, conseguiu pela primeira vez ter convertido o som em luz.Já há estudos para aparelhos para surdez com tecnologia de luz ultra violeta, pois já provaram que o ouvido é apto para interpletar as vibrações de luz e converte-la em sons,já se sabe também a íntima ligação com o som e as cores,.Enfim muitas coisas já se tornaram conhecidas e a verdade é que nós nos conhecemos tão pouco pois temos um cérebro tão magnífico é so utilizamos 1/3 do seu potencial.Todos que vivenciam os efeitos sinestésicos são previlegiados pois tudo no universo vibra e nada se produz fora deste princípio e vocês sente essa vibração de forma diferente. Deus abençoe vocês,

  22. Daiane disse:

    Oi!
    feliz (ou seria infeliz)mente… relaciono cheiro a cores… e momentos a cheiros, portanto momento a cores…

    estamos em outubro… e aquele cheiro de fim de ano já começou… um cheiro apimentado, meio laranja… puxando pro vermelho…

    alguém sente? alguém me entende?

  23. Felipe disse:

    Vixe!! tenho esse negócio de associação a nome também! Cada nome uma cor! ashashuuasash eu acho mó barato, as vezes músicas com melodias muito boas sempre vem umas ondas coloridas tipo aquelas que tem no Windows Media Player. Pessoal era bom a gente com essa “dádiva” se reunir aí!

  24. Putz, isso deve ser pra lá de interessante mas, não causa algum tipo de sobrecarga auditiva? Uma multidão em movimento no centro da cidade deve ser uma barulheira visual.

    • lidi disse:

      As vezes até pode atrapalhar, sim Alexandre. Mas, por causa disso preciso desenvolver um pouco mais de atenção, pois ao conversar com uma pessoa que gesticule demais, posso deixar de escutar o que ela diz e acabar “ouvindo” apenas os sons dos seus gestos. Abraço.

  25. lidi disse:

    Sou sinesteta do tipo que ouve o que vê. Todo tipo de movimento, por mínimo que seja tem um som para mim. Os ícones que se movem no menu de um celular, os gestos, os passos das pessoas( e cada pessoa tem um som diferente ao andar), Até mesmo o cursor do computador tem um som ao ficar piscando… enfim para mim há som em tudo aquilo que se move!!!!!!
    Acho esta minha condição muito bacana!

  26. Lucas Andrade disse:

    Eu acho que sou sinestésico. Sempre associei letras a cores, palavras a cores, pessoas a cores, músicas a cores e cada cor tem uma textura diferente pra mim. Algumas vezes não consigo definir, mas a maioria sim.

  27. gabrielli disse:

    Tenho sinestesia e desobri a pouco tempo,minha sinestesia é ligada a nomes, atribua nomes de comida a nomes de pessoas, é involuntário, poderia ficar horas fazendo listas e listas de nomes.Meus amigos adoram e se divertem Muito!

  28. Ruskeil disse:

    Tenho isso desde criança. Vejo sons em cores, cores em sons, separadamente ou tudo junto. Sinto sabor em cores e até em objetos, pelo tato. “Sinto” perfeitamente a forma de um aroma. Até a escuridão completa me dá a sensação de veludo v e r d e! Putz, não me perguntem porque verde.

  29. rodrigo disse:

    as vezes ouvindo determinadas musicas
    sinto gosto por um breve preriodo de tempo
    é muito bacana

    queria ser igual esse povo ai que sente chero de palavras
    esauiheasase

  30. Carol K. disse:

    Devia ser, jah leu os poemas dele…e do Rimbaud, aussi!

  31. Cíntia disse:

    não sei nada sobre isso, nunca fui atrás pra ver o que era aquilo que eu sentia pq ninguem acreditava em mim heheheh
    mas é uma possibilidade!

  32. Será que é verdade então que todos somos doidões quando nascemos?

  33. Cíntia disse:

    eu lembro de ter percepções assim estranhas quando eu era criança!!

Deixe uma resposta