Eu já comprei guarda-chuvas caros e de camelô, mas a maioria deles acaba destruído por outra força da natureza: o vento, que se a gente bobear faz o guarda-chuva virar do avesso, arrebentando as varetas.

Isso deve ser mais comum que eu pensava, pois justificou a criação e o lançamento do Senz Umbrella, vencedor do prêmio Red Dot de design em 2007. Este aerodinâmico guarda-chuva mantém sua forma e estrutura intactas mesmo sob ventos de até 70mph (40 mph no modelo mini)! O desenho dele ainda facilita ao seu portador olhar melhor para onde anda, ao contrário da maioria dos guarda-chuvas, que quando inclinados encombrem a visão.

Pessoalmente, acho que esse desenho meio desengonçado também deve facilitar dar uma carona a alguém ou proteger uma mochila da chuva.

Se você gostou e tem cerca de US$ 55 dólares sobrando, é só ir lá no Spoon Sisters e encomendar o seu.

Postado por Tags: , , Categorias: Design, Variedades
861

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Ninguém comentou ainda, seja o primeiro.

  1. De fato dá pra comprar um estoque de guarda-chuvas de 5 reais (embora eles não sejam exatamente legais no sentido oficial da palavra).
    E não é papo guarda-chuva arrebentar com o vento: seja do Paraguay ou do grife, já tive vários arrebentados assim

  2. Magaiver disse:

    Se molhar um pouco nao faz mal.
    Com 55 Dolar da pra comprar boleras de Capa de chuva, e uma estoque de Guarda-Chuvas do Paraguay…
    É dficil acontecer que arrebentar com vento isso é papo…
    Que Aérodinamica oque… quem ira segurar o Guarda Chuva sempre certinho na Horizontal… depois que um vento de mais de 100 Km/h pode até nao quebrar, mas, leva até o dono do Guarda Chuva junto…

    TEM COISA MAIS UTIL PRA SE INVENTAR, DOQUE PIORAR OQUE JA EXISTE.

  3. Marilia, eu tb odeio ficar os pés molhados. Vc precisava ver o mico que paguei quando fui pra SP agora. Chovia torrencialmente e eu não podia voltar pro hotel pra trocar meia e tênis o tempo todo.
    Então improvisei: troquei a meia, envolvi os pés em saco plástico de supermercado e aí sim coloquei o tênis molhado de volta. Deu certo! Não só o meu pé ficou sequinho como a meia que era branquinha e sem graça, ganhou umas cores psicodélicas (que borraram das sacolas)!

  4. Nane, valeu o link e os elogios! Só um detalhe: o post foi meu e não do meu sócio usupador de blogurinhas, William!

  5. nane_carey disse:

    Muito legal William! :)
    Adorei, muito diferente 😉

    Te linkei em Blogs da Periferia :)
    http://utopiadeemily.blogspot.com/

    beijos

  6. Marilia Pupo disse:

    sempre que tive que sair de casa em dia de chuva eu voltava atras com minha mae gritando pra levar o guarda chuva, pegava ele metia na bolsa e nem me dava o trabalho de abrir… pq no fim das contas ele nao deixa vc molhar da cintura pra cima, mas o resto pra baixo fica ensopado e para mim nada mais desconfortavel do que aquela sensacao de meia molhada dentro do tenis novo, fazendo shquash shquahs.. quando vc anda!

Deixe uma resposta