Jeff Buckley, cantor da década de 90, foi considerado a grande promessa de sua geração. No entanto, morreu de forma trágica, afogamento, num acidente em Memphis, em 1997. Onze anos depois o cantor continua recebendo homenagens. Dia 31 desse mês será realizada o segundo Jeff Buckley Tribute, na Irlanda.

No site do cantor você pode consultar a sua discografia completa e todas as informações sobre o evento tributo: http://www.jeffbuckley.com/

Para quem não conhece, resolvi colocar um vídeo do YouTube, da música Grace (Live MTV Studio) do albúm Grace (1994):

Vídeo Oficial

O albúm Grace no Rapidshare:

1. “Mojo Pin” (Jeff Buckley, Gary Lucas) – 5:42
2. “Grace” (Jeff Buckley, Gary Lucas) – 5:22
3. “Last Goodbye” (Jeff Buckley) – 4:35 [1]
4. “Lilac Wine” (James Shelton) – 4:32
5. “So Real” (Jeff Buckley, Michael Tighe) – 4:43
6. “Hallelujah” (Leonard Cohen) – 6:53
7. “Lover, You Should’ve Come Over” (Jeff Buckley) – 6:43
8. “Corpus Christi Carol” (Benjamin Britten) – 2:56
9. “Eternal Life” (Jeff Buckley) – 4:52
10. “Dream Brother” (Jeff Buckley, Mick Grondahl, Matt Johnson) – 5:26

http://rapidshare.com/files/109642172/JBuckley-Grace.rar

Ou, quem quiser o mesmo albúm versão Legacy Edition (320kbps) é só visitar o Taringa!:

http://www.taringa.net/posts/musica/970016/%20Jeff-Buckley—Grace-(Legacy-Edition)(1994).html

Postado por Tags: , , Categorias: Arte & Cultura, Internet
867

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Ninguém comentou ainda, seja o primeiro.

  1. Carol K. disse:

    30 Hz…vc pode conferir a discografia completa dele no site que te passei e tbm tem os albúns tributos que vira e mexe é lançado…Vlw pela visita!

  2. 30 Hz disse:

    Esse cara era foda!
    Escuto até hoje.

    Aliás, vou escutar agora denovo.

    Existe alguns albuns que ele não lançou também, além do Grace.

  3. Willian Renan disse:

    😀 nem sou muit chegado em músicas assim, prefio mais um psyzinho \o/

    mas ta show de bola o blog

    Até mais

Deixe uma resposta