Claro que me refiro especificamente à eleição presidencial dos EUA, que é a que interessa. Aqui teremos apenas mais gente corrupta roubando, mentindo e falando bobagem.
Bem, a verdade é que lá também.
Mas os nossos prefeitos não tem poder de influir na economia global, invadir países ou lançar mísseis termonucleares de destruição planetária. No máximo eles trocam as placas de rua, proíbem outdoors e inventam alguma lei idiota pra chamar atenção.

Então, vamos às curiosidades, retiradas e traduzidas em sua maioria da Wiki americana (inclusive desse artigo) e com comentários em itálico retirados da minha cachola.

– As eleições federais são sempre na terça-feira que segue a primeira segunda-feira de novembro. Assim, este ano elas serão em 04 de novembro.
Que complicação, mas americano adora essas datas móveis: é feriado na terceira segunda-feira de janeiro, última segunda-feira de maio, quarta quinta-feira de novembro, etc.


– O mês de novembro foi escolhido em 1792. Nesse mês a colheita já terminou e as tempestades de inverno ainda não começaram. O dia não podia ser um domingo pois era “Sabbath” e nem segunda-feira porque isso poderia exigir que se viajasse no Sabbath. Então, acabou ficando a terça-feira.
Curioso e interessante. Mas não muito moderno, né? Agora, em pleno Século XXI, podiam instituir um “Election Day” fixo baseado em algum conceito um pouquinho mais atual e em sintonia com os EUA do presente.

– Não é feriado na maioria dos estados. Alguns permitem que o eleitor saia para votar e retorne ao trabalho, sem nenhum prejuízo ou desconto de salário. Mas outros, como a Califórnia, não dão colher de chá: alegam que a pessoa pode votar antes ou depois do horário de trabalho.
Olha aí uma das razões pelo índice de comparecimento às urnas americanas ser tão baixo. Lembrando, é claro, que nos EUA não é obrigatório votar. Bem, nem aqui. Somos obrigado a comparecer na Seção Eleitoral e usar a urna, mas não precisamos ajudar a eleger nenhum sem-vergonha.

– É a primeira vez desde 1928 que um atual presidente ou vice-presidente não estão entre os candidatos.
Caramba, falando em Continuísmo e poder da Máquina Governamental…

– Quer seja republicano ou democrata, este será o primeiro presidente eleito nascido fora do território continental dos EUA. Obama nasceu em Honolulu, no Havaí e McCain nasceu em Coco Solo, numa base militar americana no Canal do Panamá.
Realmente essa eleição tem uma série de elementos inéditos na História. Isso é bom. Ah, e enquanto Obama passou a infância curtindo a praia, ondas e gente alegre, o McCain já respira militarismo desde o nascimento!

– Obama, nascido de mãe branca e pai negro (queniano), seria o primeiro presidente negro e mestiço.
Considerando que o mundo não é inteiramente branco, anglo-saxão e protestante, é interessante um candidato que sente na própria pele o que é a diversidade, conhece outras culturas e sabe o que é sofrer preconceito.

– McCain, com 72 anos de idade, seria o homem mais velho a assumir o primeiro mandado (Reagan tinha 73 ao assumir o segundo mandato).
Imagina que ao término do segundo mandato ele teria 83 anos. Eu não quero estar nesse planeta caso o cara fique senil e de posse do poderio militar e econômico mais poderoso do mundo… Ah sim, e por via das dúvidas é bom ver também quem é o candidato a vice-presidente dele.

– Pela primeira vez na história, ambos candidatos são atualmente senadores da república. McCain seria o primeiro presidente do Arizona e Obama o terceiro de Illinois (os outros dois foram Abraham Lincoln e Ulysses S. Grant).
Pessoal famoso esse de Illinois… Será que num futuro distante a foto do Obama também iria parar nas notas de dólar?!

– Este será o terceiro senador a se eleger presidente da república. Os outros foram Warren G Harding e John F Kennedy.
Grande Kennedy, Grande War… queem?!
Interessante que se for eleito, o Obama terá algo em comum com o Kennedy e com o Lincoln. Hmm… se eu fosse ele faria um seguro de vida.

– Na verdade são 12 candidatos, pois existem partidos nanicos que jamais tiveram qualquer chance e são completamente ignorados. Conheça-os aqui.
Democracia, liberdade, mas nem tanto… O sistema, atrás de sua tosqueira esconde a perpetuação do poder pelos que já o detém. Os cachorros grandes não querem nenhum gatinho ou hamster brincando no quintal deles.

– Os eleitores votam em 04 de novembro, mas é somente em 15 de dezembro que o Colégio Eleitoral realmente escolhe o presidente.
Não aceito essa história: a “maior democracia do mundo” tem eleições indiretas!! Aliás, o sistema dele é extremamente absurdo como um todo. Coisa mais tosca eu não conheço. Claro que não é por acaso, envolve uma grande briga por poder.

– O presidente eleito assumirá o novo mandato em 20 de janeiro de 2009, o chamado Inauguration Day.
Exatamente no dia de São Sebastião!

– Para conhecer outras diferenças entre os candidatos mais importantes, como profissão, educação, programa de governo, entre outros, acesse esse link.
Uma diferença importante: o McCain tem nome de herói de filme de ação, como o John McClane (interpretado pelo Bruce Willis em Duro de Matar), enquanto o Barrak Hussein Obama não podia soar mais terrorista do que isso! Traduzindo: considerando o nível médio americano, a coisa tá feia pro candidato Democrata!

Postado por Tags: , , , , , Categorias: Curiosidades, Economia & Política
1108

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta