Se tudo correr bem, as primeiras colisões de partículas subatômicas do LHC devem ocorrer já na próxima semana, bem antes do que se esperava.

Colizão no CMS

Uma das primeiras imagens do detector CMS, após um feixe de partículas atingir um bloco de Tungstênio.

Como vocês já devem saber, o LHC é um gigantesco acelerador de partículas construído 100 metros abaixo do solo na fronteira entre a França e Suíça. Ele é composto de um túnel com 27 Km de circunferência dentro do qual serão acelerados dois feixes de prótons em sentido contrário e a mais de 99,9999% da velocidade da luz até colidirem dentro de um dos 4 gigantescos detectores que compõem o experimento, o maior já construído pela humanidade. O objetivo é descobrir as origens da matéria e em especial porque a matéria tem massa.

No último dia 10 de setembro o primeiro feixe de prótons foi acelerado pelo grande anel, este ato marcou o acionamento do LHC, esperava-se que os testes iniciais durassem cerca de 31 dias até que as primeiras colisões fossem realizadas mas como tudo está funcionando melhor do que o esperado já está previsto para a próxima semana o início das colisões

Potência máxima?

Não, inicialmente será usada uma energia entre 10% e 20% do total do acelerador. A potência máxima deve ser atingida só dentro de um ano, segundo previsão dos cientistas mas, pelo andar da carruagem, pode ser que aconteça bem antes disto.

“Tendo condições estáveis, estou bastante otimista de que as coisas seguirão muito rápido”, disse o Dr. Lyn Evans, líder do projeto de 10 bilhões de dólares que envolve cerca de 10 mil cientistas de todo o planeta.

Fonte: Telegraph

Postado por Tags: , , , , Categorias: Arte & Cultura, Ciência & Tecnologia, Curiosidades
1697

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

2 Comentários

  1. Carol disse:

    Para tudo as pessoas colocam o nome de Deus no meio!
    Por favor, se temos inteligencia é para ser usada
    para descobrir o inicio das coisas!!!
    Deus pode ser encarado como uma energia.

    Deixemos a ignorancia dentro da igreja!

  2. ALMIR VIEIRA disse:

    o que mais me impressiona é esta busca incesante para o nada. o nada revela o tudo uma particula como fonte de informação da luz maior(DEUS) a expressão de que os menores podem criar um universo. DEUS deixa que o homem aproxime de sua perfeição. com estas particulas poderemos mapear a morte. o rompimento so sopro de Deus no inteiro do homem. o reencontro de particulas um lei de atração que foge a da gravitacional.

Deixe uma resposta