Filme de terror, com zumbis (isso inclui cena tosca, susto e muito sangue) e uma forma arrojada de filmagem teria tudo para dar certo. E realmente dá certo, mas só nos 20 minutos finais de REC. Essa é a opinião de uma pessoa que não é, nunca foi e nem pretende ser uma critica de cinema. Então, não deixe de assistir o filme baseado no que você está prestes a ler.

REC está estreiando no Brasil esta semana, mas quem gosta do genêro já catou o filme num desses forúns da vida e o assistiu, como eu fiz. A produção é espanhola, Barcelona, se não me engano, e conta a história de uma repórter que está fazendo uma matéria sobre o cotidiano dos bombeiros. Bem a cara desses programas matinais ou dominicais da TV brasileira. A história começa quando os bombeiros recebem uma chamada, que parecia ser mais uma coisa rotineira. Sem mais, nem menos, o prédio em que estão prestrando serviço é isolado. Ninguém, nem mesmo os bombeiros, pode sair do local….aí o bicho pega!

Assim como em Cloverfield ou a Bruxa de Blair, só para citar os blockbusters, as cenas do filme é o que o camera-man está filmando. Dessa forma, as seqüencias não tem corte, e quando tem é porque a camêra foi desligada. A perda de foco e as tremidas contribuem para o clima de terror e para os sustos. Quero dizer, contribuíria…no caso de REC. Ainda assim, vale a pena assistir de preferência à noite, no escuro, em silêncio…mas, espere os sustos e a adrenalina para o final. A dica é: sem expectativas. Sem mais, sem spoiler, fim!

Postado por Tags: , , , Categorias: TV & Cinema
3243

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta