“O assalto ocorreu por volta das 23h30m. O cabo PM, que não teve o nome divulgado, foi rendido quando saía da cabine, que fica em frente ao Botafogo Praia Shopping. Um dos ladrões colocou a arma na cabeça do policial, enquanto o outro roubou a pistola. O terceiro assaltante ficou dentro do carro. Após o crime, que durou poucos minutos, segundo testemunhas, os bandidos fugiram em um Peugeot preto em direção à Zona Sul.

Momentos antes do assalto à cabine, um policial civil teve o carro roubado por dois bandidos em uma motocicleta, na Rua Ministro Raul Fernandes, também em Botafogo. A polícia investiga a hipótese de uma ligação entre os crimes.”

Fonte: Jornal Globo On Line

* * *

O que essa notícia nos diz, além do óbvio aumento da violência e do abuso dos marginais? Ela deixa claro como é furada a teoria de quem é contra o desarmamento. Essas pessoas alegam sempre que sem uma arma não poderiam se defender dos bandidos, que não aderem às campanhas de desarmamento. Bem,  eu pergunto: Como a posse de uma pistola ou revólver protegeu esses policiais de um assalto? Eles tiveram sorte de não serem assassinados. Se tentassem alguma reação, com certeza não teriam escapado com vida.

Arma nas mãos da população não serve pra matar marginal e sim para armá-los ainda mais. Ou para causar mortes estúpidas em brigas conjugais e de trânsito, acidentes fatais com crianças e outras tragédias similares.

A quantidade de mortes causadas por armas nas mãos da população civil supera em muito a quantidade de bandidos que elas conseguiram parar.

Engraçado que essa sempre foi a opinião da maioria dos brasileiros. No entanto, no confuso plebiscito sobre o desarmamento (lembram disso?),o povo acabou votando em favor das armas. Mesmo não possuindo uma arma pessoalmente e tendo sido a vida toda contra elas. O lobby das armas foi muito bem articulado, politizando o debate e redigindo a própria pergunta do plebisicito de maneira propositalmente confusa.

Esse episódio me ensinou outra lição: que a democracia é tão eficiente e justa quanto permitido por uma boa campanha de marketing, capaz de influenciar eleitores e manipular votos. Mas aí já é outra polêmica, pra outro pôr do sol!

Postado por Tags: , , Categorias: Variedades
7717

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

1 Comentário

  1. Renata Seixas disse:

    O DIA D PARA A MÚSICA BRASILEIRA.

    A PEC da Música irá à votação no dia 21, quarta feira, às 14h na Câmara dos Deputados e sua participação é decisiva!

    A presença dos músicos, artistas, produtores e outros interessados no tema é fundamental para pressionar os deputados a votarem a favor da PEC. Haverá estrutura para recebê-los e todos estão convidados!

    Precisamos de 308 votos (de um total de 513). Contate os deputados do seu estado e peça que votem a favor. Divulgue a proposta em suas redes de relacionamento, blogs, e-mails etc. Esta é a hora de pressionarmos.

    Dúvidas: Gabinete do Deputado Otavio Leite (autor da proposta)
    Em Brasília: (61) 3215-5437
    No Rio de Janeiro: (21) 3388-6240
    E-mail: tatiana@otavioleite.com.br / gabinete@otavioleite.com.br
    Saiba mais: http://www.otavioleite.com.br/pesquisa.asp?q=pec+da+musica

Deixe uma resposta