The Last Victim

Capa do livro The Last Victim

Pra quebrar aquele post horrível de antes, aí vai um bom.

Vocês já leram esse livro aí do título?

Este não é mais um daqueles livros pockets de suspense do qual podemos ler a história e simplesmente esquecer. Essa é uma história pra lá de real.

Trata-se de um rapaz de 18 anos que une seu interesse em histórias de serial-killers a um trabalho da universidade, decide levar o caso a sério e escrever o livro que mudaria sua vida para sempre.

Jason Moss, um jovem estudante de  direito,começa a se corresponder, através de cartas, com o detento John Wayne Gacy, o serial-killer que mais matou até hoje nos EUA, também conhecido como o “Palhaço Assassino”. John costumava atrair meninos vestido de palhaço, estuprá-los com muita violência e enterrá-los em seu próprio quintal. Ao ser descoberto foi sentenciado ao corredor da morte, de onde respondia as cartas de Jason.

Não satisfeito, Jason estudou o perfil dos meninos mortos e assumiu a personalidade de uma possível vítima de John. Além de cartas, passaram a conversar por telefone e apesar de contrariado pela família, chegou a visitar o assassino.

Não vou contar toda a história, porque perderia a graça (e acreditem, tem muito mais). Porém não posso deixar de contar o fato que mais me chocou. Depois de ter devorado o livro, fui em busca de mais obras de Jason, na internet, e então descobri que ele continuou se comunicando com vários serial-killers até os seus 31 anos, quando cometeu suicídio.

Jason era casado, formado em Direito e não deixou uma única pista sobre seu suicídio, a não ser as óbvias: se matou em 06/06/06, estudava frenéticamente rituais satânicos e supeita-se que ele tenha transformado seus interesses em uma crença doentia!

Jason Moss e John Wayne Gacy

John Wayne Gacy e Jason Moss

Aqui vão dois vídeos do YouTube com dois vídeos da entrevista que Jason concedeu na época, é quase um relato completo do livro. Quem quiser manter o suspense, leia o livro antes de assistir os vídeos. Caso não se importem assistam, pois são muito bons.

Postado por Tags: , , , Categorias: Arte & Cultura
10052

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

2 Comentários

  1. Eric Silva disse:

    Existe esse livro aqui no Brasil?
    Ele tem tradução para o português?

Deixe uma resposta