Peter Root, além de viajar muito pelo mundo, já foi arquiteto, produtor de mídia e trabalhou com educação. O resultado de suas experiências de vida aparece nas instalações que ele faz, como a interessante Ephemicropolis. Ocupando uma área de 6 m x 3 m e utilizando 100.000 grampos de metal, ele construiu essa interessante maquete de uma grande cidade.

Sim, ele usou grampos comuns, desses que a gente coloca no grampeador. Ele pegou as fileiras e quebrou algumas delas, de forma que apresentassem diferentes tamanhos: desde um único grampinho até grupos inteiros de 12 cm de altura. Para arrumá-los em pé no cenário ele levou cerca de 40 horas.

Confira algumas fotos abaixo e visite o site dele para acompanhar um video making-of.

Fonte: Design Fetish

Postado por Tags: , , , , Categorias: Arte & Cultura, Design
10413

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

3 Comentários

  1. […] This post was mentioned on Twitter by André Lasak and Antonio Carneiro, Antonio Carneiro. Antonio Carneiro said: Novo Post: Ephemicropolis – a megalópole miniatura (http://bit.ly/dvs5Sq) […]

    • Cada grampo não precisa de cola, já que eles já vem da caixa naquela torrezinha. Agora se ele colou no chão ou não também foi minha curiosidade. Mas essas e outras perguntas podem ser respondidas assistindo ao video no site dele.

Deixe uma resposta