Ontem fui ao cinema assistir Predadores, o mais novo filme de uma franquia sci-fi que eu adoro. O que achei? Em uma palavra: Gostei. Em mais palavras: Podia ser melhor, mas também podia ser pior.

O filme tem produção do Robert Rodriguez e um ótimo elenco, que vai da brasileira Alice Braga ao “pianista” Adrian Brody, passando pelo “Morpheus” Laurence Fishburn e o cult “Machete” Danny Trejo. Apesar disso, eu não estava com muita expectativa, afinal quase não se falou desse filme durante sua produção e mesmo no seu lançamento. Descobri por acaso que ele já estava em cartaz.

O filme não comprometeu a mitologia do Predador e ainda acrescentou algumas coisas, como falar dos conflitos entre os clãs de predadores. Ele respeitou o que já foi dito sobre esses alienígenas, seja em filme ou em livro. Mas a verdade é que se o filme não fosse realizado também não faria muita diferença. Pouquíssimas coisas novas foram mostradas, seja em termos das criaturas e suas armas, seja em termos cinematográficos. Ainda assim, o diretor conseguiu deixar no final aquele gostinho de “quero ver o que acontece agora”. O problema é que não sei se o filme vai conseguir ter uma boa bilheteria, em especial considerando os downloads ilegais. E se não tiver sucesso, nada de continuação. Não dessa história, pelo menos.

Como pontos fortes temos a volta do clima do primeiro filme, com cenário de floresta, um grupo de tipos durões (os “monstros humanos”) e até a volta daquela supermetralhadora giratória. Uma nova raça de alienígena aparece, tão perigosos e resistentes que acredito que colocariam até os aliens em extinção! Bons atores e personagens completam o cardápio.

Como pontos fracos temos o subaproveitamentos de dois atores cults, Fishburn e Danny, com tempo de tela muito inferior do que eu desejaria. Arsenal pequeno e sem muita novidade dos predadores (ok, se é pra falar em armas, a do Brody é muito feia) e foi dificíl engolir que um bandido com um estilete seja páreo pra um predador completamente equipado para caça.

Uma curiosidade é que são poucos os atores bombadões, o que faz sentido, já que para usar armas de fogo você não precisa ter físico de Mr Universo. Mesmo assim, a apelação que fizeram com o Brody deveria ganhar Oscar de efeitos especiais: o cara se mostra todo forte e ainda enfrenta um predador dos grandes no mano a mano. O Arnold a gente engole, mas esse fiapo de gente, não dá!

A trama? Não existe a pretenção de uma trama pseudo-elaborada. A coisa é simples: diversos tipos perigosos, como soldados, prisioneiros e gangsters são transportados para essa floresta alienígena onde funciona uma reserva de caça dos predadores. Sobreviver é preciso.

Quem gosta de filme dos predadores, vai gostar deste. Quem não gostou dos outros, não deve nem estar lendo este post.

UPDATE: Acabei de ler um review no IMDB que precisa ser mencionada. O cara descreveu muito bem os novos predadores: eles seriam de um clã de caipiras! Sim, não é porque são alienígenas que são todos iguais.

Os predadores que conhecemos são mais civilizados, honrados e avançados, constantemente melhorando suas técnicas e homenageando os camaradas mortos e as presas sobreviventes.

Esses aqui parecem se divertir em volta no acampamento, enchendo a cara e amarrando um prisioneiro para se divertir às suas custas. Caçam com cães e armas bem simples, apenas por diversão e para levar um pouco de carne para sua família numerosa e faminta. A julgar pelo baixo QI provavelmente existem até casamentos entre primos.

Postado por Tags: , , , , Categorias: TV & Cinema
11319

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

2 Comentários

  1. mario jorge disse:

    tava vendo uma entrevista com o rodriguez , e entre as coisas interessantes , temos q o cara jah estah anunciando uma continuação.
    e q na sua ideia original de filme ele traria o Arnold d volta.

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Antonio Carneiro and José Inácio, Antonio Carneiro. Antonio Carneiro said: Novo Post: Eu Vi: Predadores (http://bit.ly/auiaLB) […]

Deixe uma resposta