Outubro é o mês mundial do combate ao câncer de mama, e o BNE não poderia ficar de fora. Inclusive tem até um Header (aquelas imagens com o nome do blog, junto ao logotipo) inspirado nesse tema!

Antes de tudo, O QUE É O CÂNCER?

Câncer é um nome dado a um conjunto de doenças que tem basicamente as mesmas características: a divisão descontrolada de células em alguma parte do organismo.

Todo ser vivo é formado por células, que se multiplicam e fazem o organismo crescer e se manter saudável. Essa multiplicação tem um limite: quando uma célula encosta em outra ela recebe um sinal de que não deve mais se dividir. As células cancerosas ignoram esse sinal e continuam se dividindo descontroladamente e formam uma massa de células, o TUMOR. Esse descontrole da célula é devido a inúmeras mutações no DNA, o material genético que controla a célula.

TODO TUMOR É UM CÂNCER?

Não. Existem os tumores benignos, que ficam confinados a uma cápsula e não se espalham para além do tecido onde foi originado. E existem os tumores malignos, que rompem essa cápsula e invadem os tecidos vizinhos, podendo chegar até um vaso sanguíneo e se espalhar para o corpo todo (esse processo é chamado de METÁSTASE).

VOCÊ SABIA?

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo! Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estão previstos quase 500 mil novos casos de câncer no Brasil nos anos de 2010 e 2011.

Entre as mulheres, o câncer de mama é o tipo mais frequente, enquanto que nos homens, é o câncer de próstata. Ambos podem ser tratados e têm um bom prognóstico se diagnosticado no início. PREVINA-SE!! Faça os exames periódicos indicados pelo seu médico e não negligencie sua saúde!!

Número de casos de diferentes tipos de câncer em homens e em mulheres

Mas o tema de hoje é CÂNCER DE MAMA.

Quais os fatores de risco para esse tipo de câncer?

1)      SEXO. O câncer de mama é muitíssimo mais frequente em mulheres do que em homens. Sim, homens podem ter câncer de mama!

2)      IDADE. O câncer atinge principalmente a população mais idosa.

3)      HISTÓRIA FAMILIAL. Se uma pessoa tem familiares com câncer, ela tem mais chances de também desenvolver a doença. É o fator genético atuando.

4)      TER A PRIMEIRA MENSTRUAÇÃO MUITO CEDO E A MENOPAUSA MUITO TARDE. Quanto maior o tempo em que uma pessoa fica exposta aos hormônios estrógenos (hormônios femininos), maior a chance dela desenvolver câncer de mama.

5)      NÚMERO DE GESTAÇÕES e AMAMENTAÇÃO. Durante a gestação e a amamentação, a taxa de hormônios estrógenos da mulher diminui. Quanto maior o número de gestações e maior o tempo de amamentação, menor o tempo que ela se expõe aos hormônios.

6)      USO DE ANTICONCEPCIONAL E TERAPIA DE REPOSIÇÃO HORMONAL. A explicação hormonal novamente. Quanto maior a administração de hormônios exógenos, maior o risco de desenvolvimento de câncer de mama.

7)      USO DE CIGARRO. O cigarro traz consigo muitas substâncias tóxicas para as células. Muitas delas causam danos e mutações no DNA, que podem levar ao aparecimento de câncer.

8)      INGESTÃO DE BEBIDAS ALCOÓLICAS. O álcool, assim como o cigarro, pode causar lesões no DNA e levar a célula a perder o controle da sua divisão.

9)      SOBREPESO. Os hormônios estrógenos são feitos a partir de gordura. Quanto mais tecido adiposo existir no organismo, mas hormônio será produzido.

Como prevenir?

1)      ALIMENTAÇÃO EQUILIBRADA. Abundância de folhas verdes, moderação de carnes e gorduras.

2)      EXERCÍCIOS FÍSICOS. Pratique exercícios regularmente. Eles fortalecem o corpo e a mente.

3)      AUTOEXAME. Faça mensalmente o autoexame das mamas. Se perceber algo incomum, procure imediatamente o seu médico.

4)      EXAME CLÍNICO. Indicado anualmente para mulheres a partir dos 40 anos.

5)      MAMOGRAFIA. Imprescindível! No mínimo a cada 2 anos para mulheres a partir dos 50 anos. No caso de história familial de câncer de mama, o exame deve ser feito anualmente antes mesmo dos 50 anos de idade.

INVISTA NA SUA QUALIDADE DE VIDA. Já foi provado que pessoas felizes e de bem com a vida tem o sistema imune reforçado e que tristeza e depressão o enfraquecem. Ame a si mesmo e viva positivamente!

OBS: os vários detalhes em rosa desse post não fazem parte de um ataque de frescurite da autora. Rosa é a cor oficial do combate ao câncer de mama.

Postado por Tags: Categorias: Ciência & Tecnologia, Utilidades
12109

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

11 Comentários

  1. […] leitora do blog, que reparou que ao contrário do ano passado, quando postamos um especial sobre o mês mundial de combate ao câncer de mama, neste ano ainda não tinhamos aderido à campanha. E assim como ela, você também pode colaborar, […]

  2. Hehe, ô Joacir, eu tava mesmo é fazendo uma piada.

    Claro que sei que o assunto é sério, eu inclusive tenho casos de Câncer na família, tanto de pulmão como de garganta e entre outros.

    Eu concordo com a Cintia, existem grupos sérios de pesquisa, e mesmo assim nada ficou comprovado. Com o passar do tempo, muitas coisas que fazíamos, descobrimos que fazem mal, mas enquanto não são provadas efetivamente, eu continuo fazendo.

    E por fim, não troco meu desodorante anti-transpirante por nada nesse mundo.

  3. Radialista Joacir Soares disse:

    Por favor!!!

    Pra combater o câncer de mama, basta proibir ou alertar sobre o uso de ANTITRANSPIRANTE. Ele impede a saída do suor, que por sua vez, acumula nas glândulas mamarias gerando o câncer.
    A ANVISA deveria proibir a fabricação de antitranspirante, deixando no mercado, somente os DESODORANTES.

    • Cíntia disse:

      Joacir, leia o que diz o INCA a respeito desse mito:

      “Segundo parecer técnico divulgado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), não existe até o momento dados significativos na literatura científica que relacionem os sais de alumínio presentes na fórmula dos antitranspirantes com a incidência de câncer de mama.”
      e
      “Portanto, deve-se considerar que ainda não há estudos suficientes nem conclusivos que comprovem a associação positiva entre a exposição a parabenos e a presença de danos no DNA que poderiam levar ao câncer.”
      Fonte: http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=23

      • Joacir Soares disse:

        …não há estudos suficientes e nem interece para isso, uma vez que envolve muito dinheiro das Multi Nacionais.Minha pergunta é:Se não houve estudos conclusivos, como não acreditar neste risco?
        E existe provas concretas de outro motivo gerador do Cancêr? Cientistas, são meros estudiosos da Criação Divina e não donos absolutos da Verdade.

    • Mas daí teríamos uma campanha de COMBATE A ASA!!!

      • Joacir Soares disse:

        Câncer de Mama é assunto sério de mais pra usar de brincadeira. Seria bem melhor o COMBATE A ASA, do que jogar com milhões vidas humanas.
        Um bom banho e uso de DESODORANTE resolveria com certeza.
        Entre tantos itens com: PODERIA ser isto ou PODE ser aquilo, DEVERIA ser incluído: EVITE USAR ANTITRANSPIRANTE.
        Se realmente houvesse interesse de erradicar o Câncer de Mama, acredito que não porque muita gente lucra com isso, tratariam logo de cortar o mal pela raiz.
        Detectar a doença significa querer conviver com ela.
        Fazer alguma coisa para que ela não mais exista é a demonstração do interesse veemente de sua erradicação.
        Inclua nos Fatores de Risco o 10º item- EVITE USAR ANTITRANSPIRANTE.
        É melhor um bom banho e o uso de DESODORANTE, do que viver na dúvida de um Câncer de Mama!

        • Acho que se não existem provas, não pode ser proibido ou condenado.
          Porém se existem suspeitas, é interessante divulgar a suspeita para que as pessoas possam julgar por si próprias e tomar suas decisões, assumindo ou evitando (possíveis) riscos.

        • Cíntia disse:

          Existem muitos grupos de pesquisa sérios, tanto públicos quanto privados, empenhados em descobrir as causas do câncer. Eu faço parte de um deles. Tem muita gente empenhada em desvendar essa doença.
          Esse mito do antitranspirante não foi provado cientificamente, por enquanto é apenas especulação, então não entra na lista dos fatores de risco.

  4. […] This post was mentioned on Twitter by Matheus Paviani, Antonio Carneiro. Antonio Carneiro said: Combate ao Câncer de Mama: O NewsErrado, através de nossa colaboradora-geneticista, não podia se calar: http://bit.ly/bzymX7 […]

  5. César A. disse:

    Cintia, parabéns pelo artigo. Muito informativo e bem escrito.

    Estou aderindo a campanha:

    Pode divulgar por aqui que faço o exame gratuitamente e atendo em domicílio.

    :-)

    :-\

    😮

    :-(

    Deixando as brincadeiras sem graça de lado, o tema merece mesmo ser divulgado amplamente, pois em pleno século XXI não é aceitável que essa doença não seja tratada o mais rápido possível, assim que se manifestam seus primeiros sinais.

    novamente parabéns.

Deixe uma resposta