Quem melhor personifica cada pecado capital no universo trekker?

Devo confessar que precisei consultar o Mr. Google para lembrar dos 7 pecados. De cabeça é mais fácil lembrar do nome dos 7 anões. Não é ignorância, é que sou puro, não cometo essas coisas pecaminosas!

Enfim, de posse da lista dos pecados, não foi difícil para um trekker de carteirinha identificar quais os personagens ou raças no universo de Jornada das Estrelas melhor representa cada um dos pecados mortais.

1 – IRA – Khaan

khan star trek

Não tem como fugir, a Ira é de Khan! Alguém argumentaria que uma raça guerreira, como os klingons, mereceria esse lugar, mas Khan é o cara. Ele tem um dos maiores intelectos estrategistas que a Terra já viu, mas perdeu por que? Não foi só porque estava desatualizado com a tecnologia espacial, mas porque deixou sua própria raiva e sede de vingança tirar-lhe a vitória. Como bônus, além de ser irado (trocadilhos à parte), o superdotado do século XX ainda provocou o maior acesso de raiva da vida do Capitão Kirk, numa cena até hoje lembrada e parodiada.

2 – GULA – Pingos

pingo star trek

Já apareceram algumas raças gordinhas em Star Trek, mas quem é o melhor retrato da gula são as bolinhas de pelo e fofura conhecidas como Pingos (ou tribbles, no original). Esses adoráveis bichinhos parecem possuir apenas dois propósitos na vida: comer e se reproduzir. Como eles já nascem grávidos, podem imaginar o quanto eles se dedicam a comer!

3 – AVAREZA – Ferengis

ferengi star trek

Nesse item, acredito que não haverá discussão: na tábua dos 7 pecados, com certeza existe a imagem de um Ferengi ilustrando a Avareza. Uma raça que tem como lei número 1 em sua Constituição (chamada de Regras de Aquisição) a ordem “Uma vez que você tem o dinheiro deles, nunca devolva” merece o título. Para quem não conhece, esses seres mercantilistas apareceram logo no primeiro ano da Nova Geração e teve em Quark, de Deep Space 9, seu melhor representante.

4 – LUXÚRIA – Órion

escrava orion star trek

Pensei bastante nesse item, já que jogo de sedução é algo que ocorre com frequência, mas acredito que o mais marcante é o povo de Órion. As verdes e sedutoras “escravas de Órion” aparecem desde o piloto rejeitado até o reboot do JJ Abrams e até mesmo a série animada. Quanto mais conhecemos essa raça em que as fêmeas são conhecidas por “seu extremo apetite carnal e suas habilidades inatas de sedução”, além de secretar feromônios que encantam e capturam machos de quase todas as espécies, mais fica evidente que a capital da Luxúria fica em Órion.

5 – PREGUIÇA – Pakled

star trek

Ok, eu cheguei a pensar na hipótese de indicar os humanos que vivem na Terra, uma vez que no centro da Federação as pessoas vivem em uma utopia onde tem tudo que precisam. Mas embora essa facilidade incentive a preguiça, nada indica que ela ocorreu. Então, fiquei com a raça que primeiro veio a minha mente: os Pakled. Eles protagonizaram um episódio da segunda temporada na Nova Geração, quando sequestraram o engenheiro da Enterprise para consertar e melhorar a nave deles. O costume deles sempre foi procurar e pegar as coisas em vez de criar, desenvolver e trabalhar. Ele ainda apareceram ou foram citados em outras episódios de TNG e DS9.

6 – Inveja – Lore

star trek lore

Não foi fácil encontrar esse. Existem personagens invejosos vez por outra, mas nada muito grandioso como um raça inteira movida por esse sentimento. Cheguei a pensar no Complexo de Pinóquio do Data, que deseja ser como os humanos. Mas ele, por definição, era incapaz de sentir inveja ou qualquer outra coisa. Então lembrei do seu irmão, o Lore. Ele não só demonstrava emoções, como muitas delas estão nessa lista pecaminosa! Deixando de lado outras motivações do personagem, eu sempre tive a impressão que o Lore nutria inveja pelo Data e pela forma como seu “irmão imperfeito” era aceito pelos seres humanos: seja pelo criador (que eles chamam de “pai”), os colonos originais ou até mesmo a tripulação da Enterprise.

7 – Soberba – Fundadores

metamorfo star trek

Esse também foi difícil de escolher, mas pelo motivo inverso: o que não falta no universo de Jornada nas Estrelas são exemplos de soberba. Arrogância, nacionalismo xenófobo e elitismo são encontrados em diversos graus, desde os Cardassianos até os Vulcanos. Mas não existe arrogância maior do que a dos Fundadores, a raça de metamorfos que criou o Dominion. Embora eles pouco se misturem com as outras espécies, são adorados como deuses por seu povo, cuja lealdade absoluta é garantida através da manipulação genética das principais raças sob seu comando.

* * *

Bônus 1: O emblemático personagem Q consegue reunir todos os pecados capitais, mas aí ficaria uma lista muito chata, com apenas um personagem, não?

Bônus 2: Depois que acabei o meu post, fui ver se já existia algo parecido na internet e encontrei o livro Seven Deadly Sins que reúne 7 contos focando em sete raças e os pecados que elas representariam. A lista da antologia difere um pouco da minha, porém tem algumas interseções: Mantiveram a avareza com os ferengis e a perguiça com os pakleds. Eles associaram a soberba aos romulanos, gula aos borgs, inveja com os cardassianos, ira aos klingons e a luxúria com humanos do universo espelho.

Postado por Tags: , , , Categorias: Humor, TV & Cinema
26021

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta