Olá! Continuamos com a nossa série de pratos típicos dos adversários brasileiros na Copa de 2014. O assunto agora é México. E quando falamos nesse país, o que vem primeiro à nossa cabeça? CHAVES! Pelo menos, na minha cabeça…

Por essa razão nossa receita mexicana não será de deliciosos tacos ou picantes burritos, mas do “Churros da Doña Florinda”

Ingredientes

– Óleo para fritar
– Açúcar ou açúcar com canela ou mel
– Saco de confeiteiro com bico pitanga
– 2 xícaras (chá) de leite ou água
– 1 colher (chá) de manteiga ou margarina
– 1 colher (café) de sal
– 1 xícara (chá) de farinha de trigo peneirada

Modo de Preparar

Leve a manteiga (ou margarina), o sal e o leite ao fogo baixo, em uma panela funda, até levantar fervura. Acrescente farinha e mexa vigorosamente (atenção, é nesta parte que tudo pode empelotar) até a massa não grudar mais no fundo da panela. A massa tem que ficar consistente, como se fosse um angu mesmo. Retire e deixe esfriar.

Coloque a massa no saco de confeiteiro. Vá então apertando a bisnaga diretamente sobre uma frigideira grande, com bastante óleo e bem quente. À medida que a massa cai sobre o óleo, vá girando a bisnaga de maneira a fazer um círculo. Nesta etapa, porém, espirra muito óleo. Para evitar queimaduras e sujeiras, quem não tem tanta habilidade pode fazer os churros sobre um prato e depois jogar no óleo.

Após fritos, coloque sobre papel absorvente. Se fez o churros direto na panela, recorte-os em pedaços. Por último, polvilhe com açúcar ou açúcar e canela ou mel, a gosto. Está pronto! Caso deseje, pode servir acompanhado de um potinho com doce de leite ou brigadeiro mole.

História

Você já se divertiu com o vídeo do Chaves, já matou a curiosidade sobre como se faz um legítimo churros mexicano, agora é hora de saciar sua fome de cultura. Sabe qual é a origem do Churros? Exato, a mesma origem de quase tudo: A China! Lá se faz o “bastão de óleo” ou You Tiao, que existe até hoje. Atualmente é servido preferencialmente com leite de soja.

churros da china

Bem, se o You Tiao é o avô do nosso churros, o pai é o Churro criado pelos espanhóis. Eles foram até a China, provaram essa delícia e adoraram. Tentaram copiar, mas pra nossa sorte, eles não sabiam imitar igualzinho. Assim, adaptaram a receita e modo de fazer original para a massa atual.

Embora o churro como o conhecemos tenha nascido na Espanha, tanto lá como em Portugal ainda faltavam uma coisa: o recheio. Na Europa eles preferem servi-lo puro. Nas colônias, em especial no Brasil, Uruguai e Argentina, é que a iguaria ganhou o doce de leite. Por aqui ainda ganhou outras opções depois, como o brigadeiro.

Recomendo a leitura da Wiki em portugues, e principalmente em espanhol, onde você pode descobrir sobre um primo do churros, chamado de “porra”. Lá também contam algumas variações interessantes do churros em cada país.

Em tempo, a receita apresentada aqui foi originalmente publicada em VoltoproAlmoço.

Postado por Tags: , , , , Categorias: Curiosidades, Variedades
30659

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

Deixe uma resposta