Garotas e Armas – Visões Artísticas

Nossa exploração pelo Deviantart trouxe um time de 10 mulheres que passam longe da definição de “sexo frágil”: elas sabem se defender muito bem. Como diriam em Hollywood: “Girls and Guns”, uma combinação sexy e explosiva!

1) Inspirado no Rambo e sua ação com uma M60, temos essa ilustração de DanteWontDie:

humanize_m60_machinegun_by_dantewontdie-d8x0atc

2) Uma mensageira dos tempos pós-apocalípticos, é o que nos traz SC4V3NG3R:

post_apo_gal_by_sc4v3ng3r-d8r7w1q

3) O artista Madadman caprichou nessa cowboy cowgirl steampunk:

steampunk_cowgirl_by_madadman-d5neor8

4) Falando em Steampunk, Stman desenhou uma mosqueteira steampunk:

steampunk girl with gun

5) Mas se você prefere o bom e puro Velho Oeste, vai gostar da vaqueira do Sidxartxa:

girl_with_a_gun_by_sidxartxa

6) Se você prefere algo mais descontraído, temos essa garota sorridente com munição infinita desenhada por Browning43:

gun_doll_by_browning43

7) Ainda no estilo cartunesco, Sodano fez essa garota com uma única pistolinha:

pistol_girl_by_sodano-d5y08ee

8) Mas não se deixe enganar, as garotas do Solano sabem se defender muito bem:

zoey_by_sodano-d4uy6bv

9) A Xerife Vanila Helsing (Delun) está pronta pra enfrentar os piratas, usando sua pistola gatling sem perder o estilo:

vanilla_helsing_by_delun-d5k8tsz

10) Falando em estilo, a agente secreta do Baranha não consegue escolher o seu, mas fica bem em todos:

07222012_by_baranha-d54k7g5

as

Ilustrações com caneta esferográfica

O ilustrador alemão Johannes Siemensmeyer cria ilustrações únicas de celebridades, atletas e figuras históricas utilizando canetas esferográficas.

Confere aí.

alain-prost

marlene-dietrich-1

muhammad-ali

pele

roberto-carlos

max-schmeling

marilyn-monroe-some-like-it-hot

jackie-brown

the-artist

friedrich-nietzsche

ayrton-senna

die-antwoord

goethe-schiller

Robôs e mais robôs

Uma dupla pra ganhar a guerra: um robô soldado e sua engenheira, na ilustração de Monkey-Paw.

robô de guerra

A cena criada por GorosArt em “Guitar Hero” chamou minha atenção.

um robô, um gato e um violão

 Essas corujas robôs do CrazyAsian1 não são tão charmosas quanto o Bubo, mas parecem ser eficientes em batalha.

coruja robô

Pelas mãos de Plaiklaus chega esse cowboy robô do espaço sideral.

cowboy robô

Um simpático robô na praia é retratado na ilustração de zgul-osr1113.

robô tropical

Conheça o trabalho da ilustradora Karla Diaz Castro

Em minhas navegadas pelo DeviantArt deparei-me com as ilustrações da chilena Karla Diaz Castro. Além de alguns fanarts, ela tem diversos trabalhos e personagens originais bem legais. De forma eclética, ela retrata de super-heroínas a cenas do cotidiano, de forma épica ou caricatural. Abaixo, alguns exemplos do seu trabalho.

1) Mendigo:

mendigo com carrinho2) Feira Livre

feira livre3) Ônibus Lotado

ônibus lotado4) Passeando com os cachorros:

mulher passeando com cachorros

5) Tributo à World of Warcraft

wolrd of warcraft tribute

6) Batgirl (Cassandra Cain)

batgirl7) Sailor Moon

sailor moon em ação

Gostou? Então vale a pena visitar e ler a webcomic Bichos Raros, quadrinhos online em espanhol desenhados por ela e escritos por Sebastián Castro.

Incríveis ilustrações de Daniel Nyari

Daniel Nyari nasceu em 1985 na Romênia. Cresceu na Áustria antes de se mudar para Nova Iorque, onde continuou a sua educação em Filmes, Design e Artes Gráficas. Atualmente ele mora e trabalha em Nova Iorque e curte futebol americano, Avant-Garde Cinema, Heavy Metal e Nutella.

Suas ilustrações tem uma característica muito interessante, confira nas imagens abaixo.

20120928-000110.jpg

20120928-000120.jpg

20120928-000125.jpg

20120928-000132.jpg

20120928-000136.jpg

20120928-000141.jpg

20120928-000150.jpg

20120928-000154.jpg

20120928-000159.jpg

Cavaleiros do Zodíaco – Ilustrações Vetoriais

Recebi um e-mail com uma coleção de imagens dos Cavaleiros do Zodíaco, utilizando a técnica de ilustração vetorial, que eu particularmente acho sensacional.

Pra quem não sabe, ilustração vetorial é a ilustração digital desenhada partir de curvas. Uma ilustração vetorial é um punhado de figuras geométricas colocadas uma sobre a outra, quase como numa colagem tradicional. A vantagem mais evidente da ilustração vetorial sobre a bitmap é que, como é plotada a partir de equações matemáticas embutidas no arquivo, a ilustração vetorial pode ser ampliada indefinidamente sem perder a qualidade original – sem aquele efeito de pixelização característico de uma foto pequena ampliada no computador.

PtVPhbgXhEPNCLSjYpEHSAN18sHxnL0qrwECSmVYGCe8Km5qTuRxMhZuazXj3OF3k

Porto Alegre na visão do argentino Carlos Nine

A Prefeitura de Porto Alegre recebe nesta quarta-feira 200 exemplares do mais recente volume da coleção “Cidades Ilustradas”.

O nono volume da série mostra o olhar do argentino Carlos Nine sobre a cidade do Rio Grande do Sul.

A imagem acima é a da capa da obra, que começou a ser vendida nesta semana (Casa 21, 72 págs., R$ 65).

Segundo a editora, os exemplares serão distribuídos para escolas da rede pública do município.

Carlos Nine optou por recriar -e não apenas reproduzir- os desenhos que via.

Construções e fenônemos naturais ganham rosto e vida, alguns dos moradores ganham forma de animais, como ocorre no caso mostrado acima.

O recurso casa com o estilo do desenhista, ainda pouco conhecido no Brasil.

Na Argentina, Nine já publicou álbuns em quadrinhos e histórias mais curtas nas duas fases da “Fierro”, a principal revista em quadrinhos do país.

O desenhista de 64 anos tem também outros trabalhos lançados no exterior.

Já ganhou prêmios como melhor ilustrador em Nova York e em Roma.

Em 2001, foi escolhido como melhor autor estrangeiro no Festival de Quadrinhos Angoulême, na França, uma das principais premiações de quadrinhos da Europa.

A coleção “Cidades Ilustradas” mostra em cada um volume uma cidade brasileira pelo traço de um desenhista.

Porto Alegre é o terceiro lançamento da série nos últimos sete meses.

Em dezembro do ano passado, começou a ser vendido o volume com o olhar do inglês David Lloyd sobre São Paulo (leia mais aqui).

Em fevereiro, foi a vez da obra sobre Florianópolis, produzida pelo gaúcho Eloar Guazzelli (mais aqui).

A coleção é editada desde 2001. É uma parceria da Casa 21 com a Esso.

Além dos volumes já mencionados, a coleção tem edições sobre Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Belém e Cidades do Ouro mineiras.

A editora planeja novos trabalhos. O foco serão as cidades de Brasília, Manaus, São Luis e Recife.

Os autores de cada uma das obras ainda não foram definidos.

O livro é vendido pela metade do preço no site da editora (link).

A página virtual também disponibiliza a obra completa em formato pdf.

Para ler, clique aqui.

Direto do Blog dos Quadrinhos