Cervejas Mais Famosas da Ficção

Conheça as cervejas que povoam os mundos fictícios

Dos Três Patetas aos Simpsons, passando por Star Trek e Harry Potter, diversos mundos ficcionais tem uma coisa em comum: cerveja! E o pessoal do Pop Chart Lab montou um quadro com as cervejas mais famosas da ficção.

Tem cerveja que aparece em livros, games, filmes e séries de TV. Algumas óbvias, outras que a maioria nem reparou. Também achei curioso como algumas aparecem em diversas produções.

Clique na imagem pra ampliar.

cervejas da ficção

Quais dessas você teria vontade de experimentar? E qual não passaria nem perto?

O Hobbit na voz original de J R R Tolkien

Como o autor imaginava as vozes de Bilbo e Gollum?

gravador antigoEsse post comemora o aniversário de JRR Tolkien, que se fosse vivo hoje celebraria 121 anos (um jovenzinho caso fosse nascido em Númenor).

Segundo a descrição do vídeo, quando Tolkien foi buscar um manuscrito do Senhor dos Anéis na casa de um amigo, em agosto de 1952, ele viu um gravador de som (tape recorder), coisa que nunca tinha visto antes. Perguntou como funcionava e ficou maravilhado com o recurso de gravar sua própria voz e ouví-la em seguida. Seu amigo pediu que ele lesse um trecho do Hobbit, e Tolkien o fez sem precisar pausar ou editar.

O trecho escolhido foi o jogo de adivinhação entre Bilbo e Gollum. Não há legendas, mas mesmo que seu inglês esteja enferrujado, vale a pena conferir a voz do autor lendo sua obra. Achei que ele tem um estilo bom de narração, e, curiosamente, a interpretação de Gollum pelo Tolkien não ficou muito diferente do que Peter Jackson e Andy Serkis criaram para o cinema.

Fonte: SF Signal

Links da Semana (27/02-04/03)

Fim do mundo, nerdice extrema, notícia absurda, medicina do futuro, tem de tudo aqui, é só conferir os links da semana

01) Fã cria árvore genealógica dos personagens de “Senhor dos Anéis”

02) Brasil construirá nova estação de pesquisas na Antártica

03) Nervos ligados diretamente às próteses

04) Bactéria encontrada na atmosfera pode gerar energia

05) Asteroide poderá colidir com a Terra em 2040

06) O futuro do genoma individual

07) Ecad é condenado a ressarcir noiva por cobrança em casamento

08) Médicos reconstroem crânio humano com gordura de abdômen

09) Conheça o Super Mario Bloco!

10) Pessoas incompetentes não notam a própria incompetência

H.P. Lovecraft: Ao Mestre com Carinho

Conheça a influência do mestre do terror HP Lovecraft na cultura pop

Howard Phillips Lovecraft (1890-1937) é considerado um dos grandes escritores de terror do século XX e a sua estrutura narrativa fantástica sempre impressionou os leitores com suas histórias doidas e extra-dimensionais, não sendo surpreendente sua influencia na cultura pop de nossa era. Abaixo uma curta lista de algumas homenagens a esse malucão.

 Evil Dead

Nesse clássico absoluto do terror dirigido por Sam Raimi em início de carreira, um grupo de jovens vai passar um período em uma cabana abandonada para se divertirem. Só que eles acabam encontrando um livro de magia negra que invoca forças ocultas que vão matando os personagens um a um. O livro maligno em questão é o Necronomicon, obra ficcional inventada por Lovecraft e figura frequente em sua obra.

evil dead

Iron Maiden

A capa do disco ao vivo “Live After Death” traz uma grande homenagem, levando em conta que os dizeres na lápide de Eddie são passagens do já mencionado Necronomicon.

iron maiden

Reanimator

Nesse outro grande clássico de terror temos um médico doido, ao melhor estilo do Dr. Frankenstein, que em nome da ciência faz bizarras experiências para ressuscitar os mortos. O filme foi baseado no livro Herbert West–Reanimator escrito pelo nosso autor em questão em 1922.

hp lovecraft

Graphic Novel

Com roteiro de Hans Rodionoff/Keith Giffen e arte de Enrique Breccia temos essa história em quadrinhos que mistura realidade e fantasia sobre a vida do Lovecraft. Aqui H.P não é um mero escritor, porém o guardião do livro Necronomicon, e seus contos e romances são relatos dos horrores que ele presenciou em sua vida.

Lovecraft graphic novel

Montanhas da Loucura

Adaptação da obra Nas Montanhas da Loucura do Lovecraft que está sendo defendido com unhas e dentes pelo diretor Guillermo del Toro, mesmo a Universal Pictures tendo na última hora decidido não financiar. Confira um trecho de sua entrevista sobre o filme, que ainda é incerto:

“Não vou desistir. Nas Montanhas da Loucura já me acompanha há 13, 14 anos. Quando penso que se eu não fizer certo o filme ninguém vai fazer, eu insisto nele. Se eu não tivesse feito Hellboy, acho que ninguém faria. Com O Labirinto do Fauno, a mesma coisa. A maneira como eu planejo fazer Montanhas da Loucura é muito peculiar, então eu acho que se eu não insistir, jamais verei essa versão ser feita”

HP Lovecraft

Ghostbuster

Todo mundo se lembra da série animada “The Real Ghostbusters”? O grande Cthulhu já deu as caras por lá. Pra quem não conhece, ele é um dos mais famosos personagens do H.P.

Segundo o escritor, Cthulhu é uma criatura milenar gigantesca e imortal que já existia no planeta bem antes dos humanos. Atualmente ela está adormecida no fundo do oceano, porém se um dia acordar irá trazer mal extremo para a humanidade.

South Park

E não foi apenas no seriado animado dos caça fantasmas que o grande Cthulhu deu as caras. Em South Park, o deus do caos aparece nos episódios 12 e 13 da 14ª temporada onde ele, junto com Eric Cartman, iniciam um plano de destruição e domínio de nosso mundo. Em um momento memorável, Cthulhu mata o Justin Bieber!

Billy and Mandy

No  divertido programa do cartoon “As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy” no episódio “Prank Call of Cthulhu” o personagem mais aclamado de H.P.Lovecraf também apareceu. Infelizmente não existe vestígio no youtube desse episódio. Fiquem com uma foto.

HP Lovecraft Cartoon

Metallica

Música do álbum Ride the Lightning, com nome bem sugestivo.

 

Guia do Mochileiro das Galáxias

Essa série de humor de ficção científica que consagrou Douglas Adams teve uma continuação póstuma. O sexto livro , escrito por Eoin Colfer, chama-se “E tem outra coisa…” (And another thing, no original). Em determinado momento, um dos líderes de uma colônia de sobreviventes da Terra percebe que é preciso uma religião para colocar as pessoas em seu lugar, manter a ordem, os impostos, etc. Assim ele começa várias entrevistas de emprego para o cargo de Deus, e a que vemos é exatamente do Sr. Cthulhu. Impedível para fãs da série, do Lovecraft ou por quem já fez alguma entrevista de emprego.

Guia do Mochileiro da Galaxia

Para encerrar, fica uma dica: a editora Martin Claret está lançando uma edição pocket book reunindo quatro contos do mestre: O Chamado de Cthulhu, O Horro de Dunwich, Sussurros na Escuridão e o Assombrador das Trevas. O livro, vendido pelo preço sugerido de R$ 14,90, chama-se O Mito de Cthulhu.

Morre Philip José Farmer, escritor de ficção-científica

riverworldMorreu enquanto dormia, aos 91 anos, um dos grandes nomes da ficção-científica: o escritor norte-americano Philip José Farmer.

Pioneiro ao abordar o sexo em histórias sci-fi, ele foi ganhador de diversos prêmios Hugo e indicado para vários Nébula, entre outras premiações. Além do sexo, também trabalhou com religiosidade e gostava de usar personagens existentes na ficção e na História em algumas de suas obras. Eu diria que além de um grande escritor de obras totalmente inéditas, ele também escrevia excelentes “fan-fictions” mesmo antes deste termo ser inventado.

Algumas de suas obras mais famosas são a série Riverworld (um pós-vida onde todo ser humano que já viveu ressucita ao mesmo tempo no vale de um rio que corre por toda extensão do planeta), World of Tiers (histórias passadas em universos paralelos criados artificialmente há milhares de anos por uma raça de humanos tão avançados tecnologicamente que possuíam poderes quase divinos e a imortalidade) e Dayworld (quando a população do mundo está tão grande que as pessoas hibernam 6 dias da semana, vivendo apenas um dia a cada 7).

Vale a pena visitar a wiki sobre Farmer em inglês, que mostra a bibliografia completa, incluíndo os contos, o site oficial do escritor e esta página em português sobre Philip José Farmer que conta com os títulos de sua obra em Portugal, sinopses, capas e críticas. A notícia do falecimento pode ser conferida na Folha de São Paulo.

Eu tenho 3 livros do Farmer: Serpentes da Lua, que ainda não li (quem não tem diversos livros não lidos em sua estante que atire a primeira pedra!),  Os Amantes do Ano 3050 (The Lovers) e Tempo Suspenso (Dayworld).

amantesano2050Os Amantes do Ano 3050 foi exatamente aquele que primeiro apresentou a ligação sexual entre um ser humano e uma alienígena. Neste livro, a Terra vive um momento de extremo puritanismo, pregado pela religião dominante. Uma expedição é enviada para um planeta cuja a raça inteligente evoluiu do inseto. O linguista e espião terráqueo conhece uma moça misteriosa e extremamente bela, se apaixonando por ela. Ele precisa manter o relacionamento em segredo e ainda tem que lidar com as surpresas que o aguardam. O livro é bem interessante e realmente diferente do que se costuma ler em ficção-científica.

farmer-tempo_suspensoTempo Suspenso mostra um mundo onde cada pessoa só pode viver um dia a cada semana, e como as populações nunca se encontram, cada uma desenvolve sua própria sociedade. Diversas curiosidades são mostradas, como o cara da quinta-feira que reclama da pessoa de quarta-feira, que deixa a casa toda desarrumada. Mas a emoção aparece nos quebra-dias (daybreakers), pessoas que furam a lei e assumem 7 personalidades diferentes, vivendo todos os dias da semana, cada uma com um emprego e uma esposa diferente, por exemplo. Eu adorei esse livro e agora descobri que existem duas continuações dessa história!

serpentesdaluaEm Serpentes da Lua (Tongues of the Moon) o mundo estava dividido entre dois blocos, o Sino-soviético e o Argentino-Sul-americano, quando a guerra destrói quase toda a humanidade. Os poucos sobreviventes estão nas colônias da Lua e Marte e precisam lutar para que não tenham sua liberdade roubada. Pensando bem, acho que li este livro, mas não era tão interessante quanto os outros dois.

*  *  *

Philip José Farmer: Nascido nos EUA em 1918, renascido em Riverworld em 2009.

Que tipo de escritor de Ficção Científica você é?

Ok, o teste é inglês e tem duas perguntas relacionadas à política norte-americana. Mas se você assistiu à pelo menos duas aulas do cursinho de inglês e viu o telejornal que passa entre as novelas ao menos uma vez, vai conseguir responder as onze  perguntas que compõe o teste.

Abaixo o meu resultado. Acho que fiquei indignado!!

I am:

Frank Herbert

His style is often stilted, but he created what some consider the greatest SF novel of all time.


Which science fiction writer are you?