You are here
Home > Arte & Cultura >

Cientistas do LHC recebem ameaça de morte

O LHC pode ser um risco real às vidas de algumas pessoas.

Dentro de poucos dias será acionado, pra valer, o maior experimento já criado pela humanidade, o acelerador de partículas mundialmente conhecido como LHC (Large Hadron Collider), um anel de 27 Km de circunferência nas proximidades de Genebra, na fronteira entre Suíça e França.

LHC

Muita gente acha que a enorme energia produzida nas colisões de prótons e íons de chumbo que ocorrerão no LHC podem produzir catástrofes incontroláveis que levarão ao fim do mundo, de várias maneiras possíveis.

Entre elas um buraco-negro que poderia engolir o planeta ou então a criação de partículas exóticas (strangelets) que converteriam toda a matéria da Terra em matéria-estranha, nos aniquilando no processo.

O fato é que pessoas assustadas e com medo do desconhecido costumam ter atitudes irracionais e até extremas. Nas últimas semanas, cientístas do CERN (onde está o LHC) têm recebido telefonemas e emails com ameaças, inclusive às suas vidas, caso não desistam de ligar o equipamento.

Entre as mensagens enviadas estão pedidos angustiados como “Por favor, diga que meus filhos estarão seguros” ou algo mais agressivo no estilo “Vocês são maus e perigosos e irão destruir o mundo”.

James Gillies, chefe de relações públicas do CERN diz:

“Estou um pouco bravo e aborrecido não pelo fato que estarem nos contactando mas por acreditarem nestas bobagens. Estamos trabalhando para enriquecer a humanidade e não para destruí-la”

Existem inclusive tentativas legais de impedir o funcionamento do LHC. Desde 1994 quando a construção do projeto foi iniciada existem grupos que tentam difundir o medo sobre o possível fim-dos-tempos quando o acelerador for acionado.

Foi até criado um grupo de estudos dentro do CERN para garantir a segurança sobre o experimento e a conclusão é de que não há risco algum de que algo catastrófico venha a acontecer, até porque colisões de alta energia ocorrem o tempo todo na nossa atmosfera quando raios cósmicos entram em contato com o ar e, até hoje não há notícia de que fomos sugados por um buraco-negro …

Opa, será que já estamos dentro de um buraco-negro e não sabemos? Agora fiquei com medo.

Fonte: Telegraph

0 thoughts on “Cientistas do LHC recebem ameaça de morte

  1. Talvez o maior buraco negro dessa história seja a ignorância dessas pessoas que ameaçam os cientistas.

    É como disse o Einstein: “Há duas coisas que são infinitas: O universo e a estupidez humana. E eu tenho sérias dúvidas em relação ao primeiro”.

  2. vcs falam isso por q nao moram la em Genebra… o q vcs me diriam se seu vizinho da direita construisse um acelerador de partículas no quintal e resolvesse ligado ???

  3. Resposta pro Ecatombe:
    Se fosse ligado um acelerador de particulas do lado da minha casa eu ia correndo pedir pra assistir.
    Alias, existe o Sincrotron, que é um acelerador de particulas em Campinas e ele fica ha 10 minutos da minha casa.

  4. Que maneeeeeeiro,
    eu sempre quis morrer num buraco negro, mas como isso n vai acontecer, tenho q ficar torcendo pra dar certo, porque sou fa dessas coisas cientificas e tal
    seria muito maneiro obter um monte de respostas pra um monte de perguntas que intrigam todo mundo

  5. Eu acho que eles vão abrir um portal para outra dimensão de onde vão chegar diversos demônios, e são eles é que vão destruir a Terra:

    OBS:Acho que joguei Doom demais XD

  6. Respondendo ao pessoal aí do alto, se o tal buraco negro for engolir a Terra, tanto faz se eu morar em Genebra ou em Santa Irriqueta do Jocorucunga (Massachussets-Alasca), tudo seria consumido mesmo.

    Mas eu adoraria presenciar o momento da ativação, nem que isto fosse apenas um botão vermelho e enorme sendo pressionado.

  7. pois e galera . . . .
    a forma irracional de alguns pensarem tentando de alguma forma impedirem o avanço tecnológico da humanidade .
    APOIADíSSIMO O EXPERIMENTO PARA A EVOLUÇÃO DA HUMANIDADE

Deixe uma resposta

Top