Ajude a desvendar a origem do universo e os mistérios da gravidade sem sair de casa e sem precisar de PHD em física.

Prosseguindo meu post anterior, escreverei sobre o LHC@Home, projeto que utiliza o processamento ocioso dos computadores ao redor do mundo na analise dos dados coletados no novo acelerador de partículas do CERN.

É semelhante ao SETI@Home que, devido ao grande sucesso gerou uma família de projetos em rede coperativa que hoje conta com dezenas de pesquisas que você pode escolher e ajudar a processar os dados. Todos os projetos podem ser acessados na página do BOINC que é o sistema de gerenciamento e infra-aestrutura da rede.

Clique para ampliar

Atualmente estou rodando o LHC@Home, SETI@Home e o MalariaControl mas existem dezenas de pesquisas na áreas de física, química, biologia, climatologia e outras. O LHC@Home hoje processa dados simulados do acelerador para ajudar a calibrar todos os sistemas, quando ele entrar em operação em maio os dados serão reais.

Como funciona

Você só precisa baixar o programa do BOINC, instalar e criar uma conta no projeto com o qual deseja cooperar, à partir daí você recebe um pacote de dados e seu computador começa a processar as informações sempre que não estiver fazendo mais nada ou com o processador ocioso.

Você pode ser responsável pela detecção do primeiro buraco negro artificial criado pela humanidade ou então pela comprovação da existência do Bóson de Higgs.

Fonte: BOINC, LHC@Home

Postado por Tags: , , , , , , , , , Categorias: Arte & Cultura, Ciência & Tecnologia, Internet
672

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

19 Comentários

  1. […] 3D para o Google Earth e um vídeo. Amanhã pretendo continuar falando sobre o assunto destacando o projeto LHC@Home e depois farei um comparativo de tamanho com estruturas da […]

  2. edmo disse:

    ta brincando né, o site basicamente diz “use por sua conta e risco”

    Baixar um programa que pode literalmente queimar seu pc.

    Não tem sentido em ajudar.

  3. marcio disse:

    Uma outra pergunta,se na natureza tudo busca o equilibrio, qual será a reação dela a essa experiência que implica em um desequilibrio,pois se vai criar artificialmente algo que a propria natureza criou e que com certeza existe com alguma finalidade e proposito o qual desconhecemos assim como tudo que buscam provar atravez dessa experiencia.

  4. marcio disse:

    Qual a garantia de que os buracos negros não vão aumentar o seu tamanho podende trazer algum tipo de risco.E gostaria de saber se a descoberta dessa particula ajudara a comprovar a existencia do que chamam de matéria escura ou em outras palavras a materia invisivel que completa os espaços aparentemente vagos no universo.E se ajudara a provar se o universo é ou não finito e dar maiores esclarecimentos sobre o inicio do mesmo.

    • Sobre garantias, por favor leia outros comentários no post principal, está exaustivamente discutido lá.

      Já sobre a matéria escura, acredito que o Higgs possa realmente lançar uma luz sobre ela (piadinha infame) já que ele seria o responsável pela massa (e gravidade) e a matéria escura é inferida justamente pela sua interferência gravitacional.

      Outra coisa que pode ser desvendada, pelo menos em parte, é a matéria exótica mas esta acho bem menos provável e vai exigir outras teorias e experimentos.

      Quanto ao universo ser finito, acho que isto já está estabelecido, embora possa variar conforme o conceito de universo adotado.

  5. Rodrigo, o Higgs é a partícula que falta no modelo-padrão da física, ele e seu campo associado explicariam porque existe a matéria e porque ela tem massa, sua existência ou não será verificada no LHC, ele foi construído com parâmetros para isto.

    Se ele não aparecer significa que não existe mas, alguma outra coisa vai surgir no lugar dele, e a física vai entrar em um novo e maravilhoso caminho desconhecido. Muitos físicos preferem até que ele não exista, só para que uma revolução nos conceitos aconteça.

    Quanto a material, eu aconselharia procurar no próprio site do CERN, o link está no segundo parágrafo do post. Acho que em algum dos posts que escrevi à respeito (o das curiosidades) tem um link para uma apostila feita pelo CERN para os visitantes, é um material muito didático e interessante sobre a física de partículas em linguagem humanamente compreensível :-)
    Boa sorte com seus alunos.

  6. rodrigo disse:

    Muito interessante o seu post, é raro encontrar pessoas dispostas a discutir ciência. Gostaria de saber quais são as reais possibilidades de se comprovar a existência do Bósson de higgs. E caso comprovado a existência dessa partícula, qual o grande interesse na mesma.

    Gostaria de saber se vc conhece algum site que possua material áudio-visual em relação ao funcionamento do acelerador de partículas, sou professor de química e meus alunos estão demosntrando grande curiosidade sobre o assunto.

  7. Não é o que Ele me disse.

  8. Anônimo disse:

    “DEUS, não existe para ser decifrado, ele existe simplesmente para ser conhecido.”

    • cassia batista da silva disse:

      concordo plenamente com vc. DEUS é DEUS e é soberano sobre todo nome….Ele ñ divide sua gloria com ninguem. tenho certeza que esse tal “bóson de hiigs” na qual os cientistas tanto procuram ñ será encontrado…….

  9. Eu uso o SETI@Home desde sempre, acho que fui um dos primeiros a me inscrever no programa ainda na fase de testes, isso tem quase 10 anos eu acho, nunca tive problemas. Os projetos que existem no BOINC hoje são bem variados e todos de grande utilidade, acho que vale à pena. Quanto a consumo de recursos do micro, você pode configurar a quantidade de disco, memória e cpu que serão utilizados sendo que a CPU só é usada quando está ociosa.

  10. Alcione disse:

    Rapaz, achei bem interessante! Mas será que o computador da gente não fica muito exposto? É confiável?

Deixe uma resposta