Um garoto canadense de 16 anos fez o que pesquisadores muito bem pagos no mundo todo não conseguiram e agora pode ser considerado herói da ecologia.

sacola plastica 4

As sacolas plásticas são um dos grandes vilões do meio ambiente na atualidade, além de demorarem 100 a 200 anos para se decomporem nos aterros sanitários suas moléculas plásticas podem demorar até 1000 anos para se degradarem nos elementos básicos, e o mundo produz cerca de 500 bilhões destas sacolas por ano.

Além disto elas entopem canos e bueiros nas cidades, provocando alagamentos e inundações e também matam animais que as ingerem por acidente, uma baleia foi encontrada morta com mais de 100Kg de sacolas plásticas no estômago, só para ter uma idéia de que o problema vai muito mais longe do que os lixões e encanamentos entupidos nas cidades.

sacola plastica 6sacola plastica 1 sacola plastica 3

A idéia

Pensando neste problema, um estudante canadense chamado Daniel Burd, de apenas 16 anos, desenvolveu um raciocínio muito lógico e à princípio bem simples e que foi apresentado na Feira de Ciências Escolar Nacional em Ottawa, Canadá.

Daniel_BurdSe uma sacola plástica for deixada no solo ela vai ser decomposta com o tempo, pode levar séculos, mas será decomposta. Então, o que a decompõe?

Partindo deste raciocínio e com a idéia de que o processo de degradação do plástico era de origem bacteriana ele montou seu primeiro experimento que consistia em isolar o microorganismo responsável por esta degradação, e não é fácil porque esta bactéria não existe em grande quantidade na natureza. (Na foto, o rapaz cercado de sacolas plásticas e com o troféu da feira de ciências)

O método

Ele moeu as sacolas plásticas até virarem um pó, juntou água da torneira e fermento de pão, misturou tudo e juntou terra do quintal mesmo, tudo isto dentro de um recipiente a 30 graus. A cada 4 semanas ele removia uma amostra da mistura e colocava em uma nova preparada da mesma forma, com isso aumentando a concentração de bactérias. Depois de 3 meses ele filtrou a cultura bacteriana e colocou em 3 frascos contendo tiras de sacolas plásticas, como controle ele fez um quarto frasco com a cultura fervida (bactérias mortas). Em 6 semanas as amostras de plástico nos frascos de cultura tinham perdido 17% de sua massa enquanto a amostra de controle continuava igual.

Agar_plate_with_coloniesRefinando o processo

Com o uso de cultura em Placas de Petri com nutrientes ele acabou descobrindo 4 tipos de bactérias no solo e que duas delas funcionavam para degradar o plástico, juntando apenas as duas efetivas a eficiência do processo subiu para 32% em 6 semanas Se adicionar um pouco de acetato de sódio para alimentar as bactérias a 37 graus foram 43% de consumo de matéria plástica em 6 semanas, em pouco mais de um três meses ele supõe que todo o plástico estaria degradado.

Note, não é apenas desmontar a sacola em pequenos pedaços ou moléculas de plástico, mas sim destruir completamente, aquele processo que podia demorar até 1000 anos em apenas 3 meses. O garoto ainda testou o método em uma escala maior, com um balde cheio de sacolas e a efetividade foi a mesma, de modo que deve ser simples reproduzir o sistema em escala industrial e com baixíssimo custo.

E no fim das contas

Como prêmio ele ganhou 30 mil dólares e espero que tenha registrado o método para que possa ganhar alguma coisa com isto no futuro. Certamente existe espaço para otimização do processo mas assim como está já é algo fenomenal que ninguém tinha feito antes.

Fonte: TheRecord.com

Postado por Tags: , , , , Categorias: Ciência & Tecnologia
886

Comentários do Facebook

Possuímos dois sistemas de comentários, você pode escolher o que mais lhe agrada. :-)


Comentários do Blog

17 Comentários

  1. […] Real | 1.379 The Venetian Macao – O maior cassino do mundo é inaugurado na China | 1.254 Estudante desenvolve método para degradar sacola plástica | 1.198 tag » mulheres peladas| 663 Download de Wallpapers: + de 4000 imagens | 455 Tabela do […]

  2. Sergio Vieira disse:

    Idéia genial? Vamos inventar microorganismos para destruir também todo o alumínio, ferro, borracha, papel, cobre, e qualquer outro material que não chega a ser reciclado e acaba em aterros em lixões? Assim a gente extrai mais material virgem do planeta e acaba com ele de uma vez. Plástico vem de combustível fóssil e deve passar por processo de reciclagem. Destruir uma matéria prima que pode ser aproveitada é um prato cheio para abrir mercado para a indústria do plástico.

  3. Aline disse:

    Maravilha, pequeno Burd! O mundo precisa de mentes criativas como a sua! Certamente a idéia partiu de um questionamento adolescente!

    Que sua técnologia NÃO SIRVA COMO DESCULPA para que as pessoas utilizem as sacolas descartaveis como é comum ouvirmos sobre a reciclagem.

    Vamos sanear nossos hábitos e tirar do baú as SACOLAS DE PANO da vovó!!!

  4. Aialla e Luciane disse:

    O que vcs pensan sobre as sacolas plasticas?

  5. Dourado disse:

    Q essa idéia se torne uma meta de governos por todo o mundo

  6. hellrider disse:

    importante descoberta

    ps. pare de respirar, vc esta gerando CO2

  7. marcus disse:

    O único problema é que os microorganismos utilizados acabam gerando dióxido de carbono durante o processo, o que pode, em larga escala, aumentar o efeito estufa.

    Talvez reciclar o plástico ainda seja uma idéia melhor.

    • Caio disse:

      Cara, vc respondeu minha maior duvida e me frustrou ao mesmo tempo.

      Pensei se o resultado da degradação não poderia ser usado pra gerar energia limpa…

      E queria saber se dessa degradação resultava metanol ou algo assim….

      Mas vc me frustrou xD
      Como descobristes isso?

      Ainda assim, não deixa de ser uma boa ideia, pois o plástico, mais cedo ou mais tarde vai se degradar gerando CO2 mesmo…
      Melhor que continuar com a Grande Mancha de Lixo do Pacífico.
      http://www.rollingstone.com.br/edicoes/40/textos/4117/

  8. lari disse:

    esse é nerd mesmo!!!

  9. Carol K. disse:

    Quand je serai grande je veux être comme vous, Salau! Grande article, comme toujours!

    XD

  10. Elisa disse:

    Achei imprecionante o que um garoto de 16 anos pode fazer e o que muitos ciêntistas famosos jah poderiam ter feito.
    Mais creio que nada foi em vão.. deve ter uma certa explicação pra ele ter feito isso tão inspiradamente…
    imprecionante mesmo.! continue assim!

  11. […] e não adicionei nem uma virgula, direto do  News Errado Blogged with the Flock […]

  12. marilia pupo disse:

    levando em consideração farei as devidas referencias, materia muito interessante (darei uma copiada no meu espero que nao se importe)

  13. Idéia simples. Levando em consideração que as maiores mentes da ciência não haviam pensado nisso antes.

    Genial, esse guri merece um Nobel,

Deixe uma resposta